A B2Make ajuda na criação de sites profissionais

- 7 de agosto de 2017
b2make

Nome:
B2Make

O que faz:
 É uma plataforma de criação e edição de sites para a divulgação e venda de serviços.

Que problema resolve:
Segundo o fundador, a plataforma dá mais liberdade para profissionais e agências de marketing digital conceberem seus projetos (desde a criação do layout, publicação, hospedagem aos meios de pagamento). 

O que a torna especial:
A B2Make oferece facilidade de manuseio e alguns templates ou exemplos de sites para o usuário personalizar a sua página.

Modelo de negócio:
A empresa lucra com venda direta, parcerias com agências, revendedores, assinaturas, hospedagens e na intermediação dos pagamentos.

Fundação:
Novembro de 2014.

Sócios:
Miguel Campos — sócio-fundador
Otávio Serra— sócio-fundador
Pedro Roveri — sócio-fundador

Perfil dos fundadores:

Miguel Campos — 38 anos, Ribeirão Preto (SP) — é formado em Administração de Empresas pela Universidade de Ribeirão Preto. Foi proprietário da Pronto Fatto, empresa especializada em impressos, e da agência Ageone Digital Marketing.

Otávio Serra— 36 anos, Ribeirão Preto (SP) — é formado em Ciências da Computação com ênfase em Biomedicina pela Universidade de São Paulo. Atuou na própria USP com projetos internos em Educação à Distância e na área da Saúde.

Pedro Roveri — 29 anos, Cascavel (PR)  é formado em Propaganda e Marketing e pós-graduado em Ciências Aplicadas ao Consumo pela ESPM-SP. É fundador da YesPets, plataforma de serviços para animais de estimação.

Como surgiu:
Em 2009, Otávio desenvolveu um CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo) para a agência de marketing digital da qual era sócio junto com o irmão Miguel, a Ageone Marketing. Eles contam que o projeto atraiu vários clientes interessados na construção de portais e ferramentas próprias de e-commerce. Cinco anos depois, os dois decidiram buscar investimento no mercado para que o CMS virasse uma plataforma que habilitasse qualquer pessoa a criar um site profissional a baixo custo.

Estágio atual:
O negócio conta com seis colaboradores e 180 clientes.

Aceleração:
Foi acelerada por dois investidores-anjo, em novembro de 2014 e setembro de 2016.

Investimento recebido:
Os valores não foram informados.

Necessidade de investimento:
Os sócios negociam o próximo round para ampliar a área comercial e o suporte ao cliente. O aporte necessário, segundo eles, é de 10 milhões de reais.

Mercado e concorrentes:
Como concorrentes apontam serviços de criação e hospedagem, entre eles Wix, WordPress, Weebly e Webnode.

Maiores desafios:
“Competir com gigantes do setor e ainda se posicionar como plataforma perante os profissionais de marketing digital”, diz Pedro.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Já foi atingido em janeiro de 2017.

Visão de futuro:
“Chegar aos mil clientes no Brasil ainda neste ano para a expansão global”, afirma o sócio.

 

Onde encontrar:
Site
Contato

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

Sobreviver ao 11 de setembro foi transformador: ela mudou de vida e criou o primeiro jornal infantil do Brasil

- 16 de agosto de 2017
Stéphanie Habrich estava no World Trade Center quando as torres foram derrubadas. A tragédia foi o início de uma mudança em sua vida — que culminou na criação do Joca, um jornal que educa crianças.

O Razões para Acreditar fala dos prós e contras de ter se aproximado de empresas para conseguir se bancar

- 14 de agosto de 2017
Vicente, fundador do Razões para Acreditar, conseguiu há apenas 2 anos tornar seu projeto financeiramente sustentável.

Quando seu projeto é sua vida, uma hora é preciso separar as coisas. Caio Dib conta como está fazendo

- 7 de agosto de 2017
Educação se faz em círculo. Caio em um workshop da Caindo no Brasil, na escola UniÍtalo, em abril deste ano.

Conteudismo – o que você precisa desaprender para reconstruir sua profissão

- 26 de julho de 2017
419 3 5
No próximo dia 7, na Academia Draft, Leandro Beguoci vai falar sobre empreendedorismo, gestão de projetos e de redes sociais e conteúdo customizado. Você, jornalista, publicitário, RP: inscreva-se!