SPONSORS:

“Estive no inferno e precisei decidir se queria voltar a viver. É preciso sobreviver à morte”

- 1 de dezembro de 2017
Flavia Duarte conta como sua vida mudou depois de duas mortes: a do homem que amava e a de quem ela era (foto: Raimundo Sampaio).