Este é um espaço para que Drafters como você publiquem no Draft. Escreva, leia, discuta.

“Já não me reconhecia nos trabalhos que fazia, estava distante dos amigos e não tinha prazer no dia a dia”

- 17 de fevereiro de 2017
Rodrigo Vergara foi jornalista, executivo de corporação, mas não era ele mesmo. E só conseguiu se encontrar quando percebeu isso.

Qual das nove “máscaras de personalidade” lhe serve melhor? Como evoluir a partir disso?

- 10 de fevereiro de 2017
Mari Ostermann conta como o Eneagrama pode ser útil para perceber — e anular — padrões negativos no trabalho e na vida pessoal.

“Ao fazer as malas, senti vergonha. Quanto tempo perdi acumulando tantas coisas inúteis?”

- 3 de fevereiro de 2017
Antes de se mudar para a Nova Zelândia, às pressas, Fabiane Ormerod teve que empacotar a própria vida. Foi quando conheceu suas fraquezas, medos, e aprendeu sobre o que realmente importa.

“Se bater o complexo de vira-lata, lembre que você tem tanto direito de estar ali quanto qualquer um”

- 27 de janeiro de 2017
Sarah, em Berlim: "Se você me perguntar se deve largar tudo e morar fora, te pergunto: você está preparado para abandonar uma parte de você?" (foto: Jonathan Gröger).

No Brasil não falta inteligência, imaginação, criatividade. Talvez falte só a atitude

- 20 de janeiro de 2017
Hayim Makabee vive em Israel e reflete sobre as diferenças entre universitários brasileiros e israelenses.

A brutal diferença entre ser um consumidor no Brasil e nos Estados Unidos

- 17 de janeiro de 2017
Às vezes uma camiseta é só uma camiseta. Às vezes, ela revela um jeito de olhar, de pensar e fazer negócios em um determinado lugar e em um determinado tempo – ou seja, uma ética empresarial.