SPONSORS:

Gerente de desenvolvimento da Natura revela os segredos por trás dos testes de um produto bem sucedido

- 30 de novembro de 2017
Pamela Maiuolo, gerente de desenvolvimento de produtos da Natura
Pamela Maiuolo, gerente de desenvolvimento de produtos da Natura

Já conhecemos as origens do projeto que deu origem à linha Ekos Patauá, os desafios da produção em escala e as características únicas dessa frondosa palmeira amazônica, de cujos frutos é extraído o óleo utilizado nos produtos Natura.

Agora, depois dessa jornada, é hora de olharmos para o resultado final, na forma de cada um dos seis produtos que compõem a nova linha Ekos Patauá: tônico, xampu e condicionador, máscara, cápsulas de óleo concentrado e óleo fortalecedor para finalização.

“Toda a linha Ekos Patauá é enriquecida com o óleo de Patauá, bioativo obtido através de um processo cuidadoso desde a colheita dos frutos até a extração do óleo”, diz Pamela Maiuolo, gerente de desenvolvimento de produtos da Natura. “Utilizamos o óleo bruto, pois nele encontramos a atividade biológica.”

Pamela reconta o processo por meio do qual a equipe de inovação da Natura chegou à conclusão de que o óleo do Patauá deveria ser usado em uma linha voltada ao crescimento e fortalecimento dos cabelos.

“Buscamos encontrar qual era o coração desse bioativo; para qual finalidade ele deveria ser utilizado”, diz. “Por meio de testes genéticos concluímos sua atuação sobre o mecanismo que atua no ciclo do folículo capilar. Ele está relacionado a um aumento na fase de crescimento, que podemos traduzir como um estímulo ao crescimento do fio existente.”

Pamela explica que é no óleo bruto que essa riqueza é encontrada. “Fizemos testes com o óleo refinado, mas o resultado não é o mesmo. E então, começamos a desenvolver a linha de produtos pensando nesse benefício.”

Assim, nasceu a linha Ekos Patauá com produtos destinados a trazer mais força e intensificar o crescimento dos fios.Apesar de os seis produtos contarem com o óleo de Patauá, há um “protagonista” no time: o tônico capilar, que a Natura recomenda que seja aplicado diretamente no couro cabeludo, sem enxágue, para estimular o crescimento do fio.

“Fizemos vários testes ao longo do projeto, inclusive com os consumidores”, diz Pamela. “Com o tônico fizemos testes in vitro, que avaliam algumas questões relacionadas ao mecanismo de atuação do produto. Avaliamos a inibição da síntese da proteína STAT3 da via JAK-STAT, que é o mecanismo sobre o qual o óleo atua para ampliar a fase de crescimento do cabelo.”

Nesse processo, o time de pesquisa da Natura confirmou os benefícios do produto. Em testes ex-vivo, em que o cabelo é examinado em laboratório, foram inspecionados fatores como a ancoragem e a espessura dos fios.

“Comprovamos que com o uso do produto, temos um aumento da espessura na base da raiz”, diz Pamela. “O fio fica mais ancorado, mais firme.”

Segundo a gerente de desenvolvimento de produtos da Natura, o tônico deve ser aplicado diretamente no couro cabeludo, dia sim, dia não. Assim, ele tem ação no bulbo capilar, fazendo com que o cabelo fique por mais tempo na fase de crescimento.

“Sugerimos o tratamento noturno, pois o tônico deve ser usado sem enxágue para ficar mais tempo em contato com o couro cabeludo”, explica Pamela. “É uma fórmula de base aquosa, para não deixar o couro cabeludo oleoso e não pesar no fio. No entanto, se o consumidor sentir necessidade, pode lavar os cabelos na manhã seguinte.”

Mas os benefícios da nova linha Ekos Patauá vão além do tônico capilar. O xampu, por exemplo, busca limpar de maneira equilibrada, ajudando a preparar o fio para um tratamento mais profundo com o resto da linha. A fragrância, fresca e confortável, remete a produtos clássicos da Natura.

Já o condicionador hidrata e fortalece o comprimento dos fios. Ele age na cutícula do fio, deixando os cabelos mais condicionados, uniformes, reduzindo o frizz e dando mais maciez.

Outro produto da linha Ekos Patauá, a máscara atua tanto na superfície quanto no córtex capilar. Ela pode ser usada para um tratamento mais profundo; para fazer uma restauração, reparando os fios enfraquecidos.

As cápsulas de óleo concentrado devem ser usadas em conjunto com a máscara, e intensificam o seu efeito, com uma retexturização da cutícula. As cápsulas têm duas vezes mais óleo de Patauá do que a máscara. “Recomendamos duas cápsulas por uso”, diz Pamela. “Elas devem ser misturadas com a máscara antes da aplicação. A sensação é realmente diferente da que você obtém ao aplicar a máscara sozinha. Há uma carga oleosa maior, o que causa um efeito diferente.”

Por fim, o óleo fortalecedor é destinado à aplicação no comprimento dos fios para um efeito de proteção. Segundo as pesquisas da Natura, o óleo deixa o fio até quatro vezes mais forte. Ele é indicado para um efeito de finalização, reduzindo em 70% as pontas duplas, de acordo com esses testes. “O cabelo fica mais macio ao toque”, diz Pamela. “Além disso, o óleo tem uma ação de proteção térmica, contra o uso de secador e da prancha. Esse é um momento em que ocorre muita quebra, e o cabelo fica mais vulnerável. Portanto, uma proteção é muito importante.”

A linha Ekos Patauá

A linha Ekos Patauá

Essas conclusões foram todas obtidas por meio de testes instrumentais, que têm o objetivo de comprovar o efeito positivo da linha sobre alguns critérios, como aumento da força dos fios, da resistência, diminuição de pontas duplas, etc. São testes feitas em mechas de cabelo, não necessariamente em pessoas.

“Fazemos testes em equipamentos que conseguem medir a força do cabelo, por exemplo”, diz Pamela. “Fizemos também testes de avaliação sensorial de shampoo, condicionador, máscara e cápsulas com voluntários. Entregamos os produtos sem identificação para que as pessoas usassem, e depois elas preenchiam um questionário respondendo a algumas perguntas. A partir desta pesquisa, chegamos ao número de que 90% das pessoas sentiram os cabelos mais encorpados e com vida após o uso dos produtos, por exemplo.”

Assim, esses seis produtos completam a inovadora linha Ekos Patauá de Natura. “Trata-se de uma linha completa, que entrega crescimento e força da raiz até as pontas do cabelo”, diz Pamela.

Por meio de extensa pesquisa, trabalho de campo, testes no laboratório e com consumidores, a Natura foi capaz de reunir todos os benefícios do óleo de Patauá neste inovador conjunto de cosméticos. Isso tudo levando em consideração a sustentabilidade da produção, a segurança do ecossistema e das comunidades envolvidas. Assim, os consumidores podem desfrutar de produtos que fortalecerão não apenas os seus cabelos, mas também a natureza e toda a economia.

Esta matéria pode ser encontrada no portal Natura Campus. Confira o site para ficar por dentro do que acontece no mundo da inovação cosmética.

Banner_natura_V2

Veja também: