SPONSORS:

Life Organized, organização pessoal customizada

- 10 de junho de 2015
Logo da empresa.

Nome:
Life Organized.

O que faz:
Ajuda pessoas organizarem suas casas ou escritórios e a perceberem os benefícios da organização no dia a dia.

Que problema resolve:
Muitos não têm tempo, viajam, trabalham fora, e acabam dependendo de empregados para organizarem seu espaço. A Life Organized ensina tanto o residente quanto o empregado a arrumarem a casa ou o escritório e, com isso, otimizarem seu tempo no dia a dia.

O que a torna especial:
“Procuramos fazer um trabalho com bastante foco na manutenção da organização. Como sempre fomos executivas de atendimento, temos uma bagagem um pouco diferente de quem está começando do zero. Começamos a nos preocupar mais com o resultado, a satisfação da pessoa em sua qualidade de vida, do que com o processo de organização em si. Muita gente foca no processo, mas vamos um pouquinho além, tentando absorver para onde vai a organização da pessoa depois do serviço”, diz Denise Millan, co-fundadora do negócio.

Fundação:
Janeiro de 2014.

Modelo de negócios:
Há dois tipos de entrega: uma consultoria, que dura aproximadamente quatro horas e ensina o cliente a organizar o espaço, ou o serviço completo, no qual além de ensinar as consultoras também colocam a mão na massa para organizar a casa do cliente. Segundo Denise, cada caso tem um preço, mas o mercado de organização cobra em média 400 reais por seis horas de trabalho.

Sócios:
Adriana Calixto – co-fundadora.
Denise Millan – co-fundadora.

Perfil dos fundadores:
Adriana Calixto – 48 anos, São Paulo (SP) – bacharel em Comunicação Social. Publicitária, já trabalhou em agências como McCann, Y&R, F/Nazca, Publicis e Dentsu. Buscou especialização nos cursos de Personal Organized da OZ! e Housekeeping da Casa LIV.

Denise Millan – 50 anos, São Paulo (SP) – bacharel em Comunicação Social. Publicitária, já trabalhou em agências como AlmapBBDDO, Y&R, Leo Burnet e Africa. Buscou especialização nos cursos de Personal Organized da OZ! e e Housekeeping da Casa LIV.

Como surgiu:
Denise e Adriana eram amigas e moraram na Inglaterra. No final de 2013, quando recebiam amigos estrangeiros, ouviram eles falarem sobre o mercado de Life Style Management na Europa e se interessaram. Perceberam que existia espaço para esse tipo de trabalho no Brasil e foram fazer cursos de organização, enquanto estruturavam sue próprio negócio. Elas atuam apenas em São Paulo — mas, às vezes, pessoas de lugares distantes mandam fotos de seus ambientes e elas dão dicas de como organizar.

Aceleração:
Não buscam.

Necessidade de investimento:
Não buscam.

Investimento recebido:
Apenas recursos próprios. São gastos ocasionais, como manutenção do site, contratação de jornalistas para escreverem para o blog, estudando em cursos etc. Mas não é quantificável.

Mercado e concorrentes:
Existem diversas empresas e serviços do tipo. Denise diz que a Life Organized se diferencia justamente por focar mais nos efeitos do trabalho do que no processo em si.

Maiores desafios:
Mostrar a importância da organização pessoal às pessoas. É um mercado que, segundo Denise, ainda é pouco explorado no Brasil. “É um conceito novo, as pessoas ainda estão aprendendo a isso. Por isso abrimos o blog. Ser organizado não é tão complexo como as pessoas pensam. Não é tão burocrático e processual como pensam”, diz Denise.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Atua em break-even desde o começo. Mas a maior parte dos ganhos é reinvestido no negócio. Elas têm um business plan de cinco anos, onde pretendem criar uma linha de produtos para organização.

Visão de futuro:
“Queremos ter um conteúdo que ajude as pessoas a buscarem uma vida organizada. Dentro disso, queremos ter produtos físicos que ajudem, com conteúdo organizado e, mais para frente, dar palestras, workshops etc”, diz Denise.

Onde encontrar:
Site
Contato

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua  iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

De olho no futuro, o Grupo Algar, de 88 anos, organizou um braço de corporate venture capital

- 27 de junho de 2018
Clau Sganzerla, VP de Estratégia e Inovação do Grupo Algar e principal responsável pela Algar Ventures, braço de venture capital.

“Sempre achei que minha carreira evoluiria escada acima. Não podia estar mais enganada”

- 27 de abril de 2018
Depois de viver o luto pela mãe, Fernanda Sigilião partiu em busca do emprego perfeito. Ainda não o encontrou, mas compartilha seu passo a passo de como abrir caminhos — na Europa ou em qualquer lugar.