SPONSORS:

Live: Unilever & Empreendedorismo. Um papo sobre empoderamento, negócios inclusivos e a força das marcas

- 25 de setembro de 2017
Juliana Carvalho, da Unilever: em 2016, as marcas com propósito entregaram mais de 60% do crescimento da empresa
Juliana Carvalho, da Unilever: em 2016, as marcas com propósito entregaram mais de 60% do crescimento da empresa

 

Conquistar lugar cativo na casa e na memória afetiva de milhões de consumidores não é um feito trivial, e nem fruto de sorte ou acaso. Tem a ver com a qualidade do produto, claro, mas também com a construção diária da identidade de cada marca. Uma construção que só funciona quando trabalhada de forma genuína e em sintonia com as demandas da sociedade e de seu tempo.

Gigante multinacional de bens de consumo, presente no Brasil há quase 90 anos, a Unilever sabe disso. E aplica esse entendimento na prática, defendendo bandeiras e fortalecendo o vínculo entre consumidores e produtos, do sorvete ao sabão em pó.

“Em 2016, as marcas com propósito entregaram mais de 60% do crescimento total da companhia e ainda cresceram 50% mais rapidamente que o restante do negócio, registrando incremento de vendas acima da média, com taxas de cerca de 10% ou mais nos últimos seis anos”, diz Juliana Carvalho, diretora de marketing da Unilever. “Dove, Seda, Brilhante, Lifebuoy, Ben & Jerry’s, Hellmann’s, entre outras, estão em uma jornada para reduzir a pegada ambiental e aumentar o impacto social positivo.”

Reverberar os caminhos para a ampliação desse impacto positivo (que incluem a união de forças entre as grandes empresas e os negócios sociais) é o foco da Live: Unilever & Empreendedorismo, na próxima quinta-feira, 28, às 19h, via Facebook do Draft. Além de Juliana, o bate-papo contará com a presença de um trio de parceiras superpoderosas da Unilever: Alexandra Meira, da Aliança Empreendedora, Natália Leite, da Escola de Você, e Viviane Duarte, do Plano de Menina.

“A Aliança Empreendedora e a Escola de Você são nossas parceiras na Escola Brilhante, uma escola online que incentiva mulheres brasileiras a empreender e, assim, inspirar e fortalecer a autoconfiança feminina e o empoderamento econômico das mulheres”, afirma Juliana. As vídeo-aulas, gratuitas, têm cerca de 5 minutos e já engajaram mais de 150 mil mulheres. Paralelamente, a Aliança desenvolve o projeto Eu Sou Kibon, pensado para estimular a veia empreendedora dos sorveteiros.

Por sua vez, o projeto social Plano de Menina vem cocriando com a Unilever uma plataforma de educação com vídeos sobre meninas para falar sobre raça, gênero, e pertencimento, ajudando a fomentar sua autoestima e a quebrar os estereótipos e a visão de uma beleza-padrão. “O Plano de Menina está com Seda para desenvolver, por meio da campanha #juntasarrasamos, uma série de iniciativas para promover a sororidade e a inclusão de jovens mulheres em situação vulnerável”, diz Juliana.

São objetivos 100% alinhados com o Plano de Sustentabilidade da Unilever, que prevê metas como o fomento de negócios inclusivos, a promoção da igualdade no ambiente de trabalho e o empoderamento de 5 milhões de mulheres até 2020.

“Queremos usar a nossa força no mercado para garantir que toda a nossa cadeia de valor tenha mais oportunidades. O intuito é mostrar que é possível inovar e crescer de forma responsável”, afirma Juliana. “Convidamos a todos para participar deste momento e falar sobre negócios inclusivos. Nós só seremos capazes de resolver questões complexas como a inclusão social com a colaboração de diferentes atores sociais. Somente por meio da ação coletiva podemos transformar realidades.”

Confira o vídeo-convite da Alexandra, da Aliança Empreendedora, e fique ligado na Live: Unilever & Empreendedorismo. Quinta, 28, às 19h, no FB do Draft. Até lá!

 

Veja também:

“Um país que não valoriza os inovadores fica refém de uma economia com negócios de baixo valor agregado”

- 28 de setembro de 2017
Rodrigo Brito