O Interualla.co é um portal de espaços compartilhados e privativos de trabalho

- 20 de janeiro de 2017
interualla

Nome:
Interualla.co.

O que faz:
É um portal que conecta pessoas e empresas a espaços de trabalho compartilhado em todo Brasil, sejam eles dentro de coworkings, business centers ou em escritórios privados.

Que problema resolve:
O objetivo é apoiar os espaços de trabalho prontos para uso, como os coworkings e business centers, a gerar novas demandas e clientes. Além disso, os sócios buscam resolver o problema da ociosidade dentro dos escritórios particulares que possuem espaços vagos. Como consequência, profissionais podem ter mais qualidade de vida e flexibilidade, sem a necessidade de se locomoverem até um escritório fixo distante.

O que 0 torna especial:
A plataforma pode beneficiar e gerar demanda para os espaços compartilhados e compartilhamento de custos para escritórios privados. Já as empresas têm a possibilidade de oferecer aos seus times a oportunidade de trabalharem remotamente em espaços preparados para isso, sem investimentos ou burocracia.

Modelo de negócio:
A startup fica com 20% sobre o valor das operações concluídas dentro da plataforma.

Fundação:
Janeiro de 2016.

Sócios:
Rodrigo Parisi – Fundador e CEO
Fabio Tavares – Co-fundador e CTO
Javier Parejo – Co-fundador e CMO

Perfil dos fundadores:

Rodrigo Parisi – 40 anos, São Paulo (SP) –formado em Administração de Empresas pela Fundação Armando Alvares Penteado, com especialização em E-Business pela Impacta Tecnologia. Depois de trabalhar no mercado financeiro e passar cinco anos na consultoria Michael Page, trabalhou na Privalia, liderando a área comercial. É o sócio-fundador da operação brasileira do Westwing, empresa do grupo Rocket Internet, e foi fundador e Country Manager da Captalis, startup do fundo espanhol IG Expansión.

Fabio Tavares Nascido – 47 anos, São Paulo (SP) – formado em tecnologia pelo ITA e Administração de Empresas pela USP. Foi superintendente de tecnologia no Banco Santos, iniciou a operação da sua própria empresa, InovaZinia (vendida após 4 anos de atuação), e atualmente e atualmente também é CIO da Dotz.

Javier Parejo – 35 anos, Madrid (Espanha) – formado em Administração pela Universidad Autónoma de Madrid. Tem ampla experiência em design e marketing digital. Foi CMO da Captalis no Brasil e, posteriormente, assumiu como CMO da Tacerto, corretora de seguros virtual. Atualmente, além de operar part time no Interualla.co, é o responsável por toda estratégia e implementação das iniciativas de SEO no VivaReal.

Como surgiu:
O CEO, Rodrigo, conta que enfrentou problemas para encontrar um espaço para desenvolver uma das startups que estava trazendo ao Brasil, há alguns anos. “Decidi fazer isso de dentro de uma sala no escritório dos meus advogados, que estava ociosa”, conta. Depois dessa experiência, ele notou que era o momento de investir em uma ferramenta que apoiasse os profissionais e as empresas na busca por esses espaços.

Estágio atual:
De acordo com os sócios, cada colaborador pode escolher de onde vai trabalhar no dia a dia. Além dos fundadores, há cinco pessoas envolvidas com a operação, três delas em um espaços de coworking em São Paulo e duas que operam remotamente. A plataforma conta com 150 locais parceiros em todo Brasil e mais de 400 espaços de trabalho listados.

Aceleração:
Não teve.

Investimento inicial:
Em torno de 300 mil reais dos próprios fundadores.

Necessidade de investimento:
Os sócios já iniciaram as negociações para investimentos em 2017. O valor ainda não foi definido.

Mercado e concorrentes:
“O movimento de coworking tem muito pouco tempo no Brasil e cresce vertiginosamente ano a ano. Ao mesmo tempo, só agora as empresas passaram a entender o trabalho remoto como algo positivo para sua estratégia e benéfico aos seus times”, diz o CEO, Rodrigo Parisi. Ele considera plataformas como Deskovery, Deskify e BuscaSala como concorrentes.

Maiores desafios:
“Fortalecer a cultura do coworking e do trabalho remoto dentro das empresas, além de fazer a plataforma conhecida para todos”, segundo Rodrigo.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Ao longo de 2017.

Visão de futuro:
“Sermos a maior referência em espaços de trabalho compartilhados, consolidar o modelo de negócio do no Brasil e levar a nossa plataforma para outros países da América Latina”, diz Rodrigo.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

De modinha a novo paradigma: como os coworkings estão mudando a forma de se trabalhar e pensar o trabalho

- 12 de janeiro de 2017
Hora da pausa no terraço da Brain, na Avenida Paulista, um coworking que oferece espaço em diversos endereços ao assinante.

Quando um coworking é um agente de transformação social: conheça o Gomeia, na Baixada Fluminense

- 23 de novembro de 2016
Os integrantes dos sete empreendimentos que formam o Gomeia: um coworking com propósito social, encravado na Baixada Fluminense.

De coworking a rede de inovação, o Impact Hub abriga e fortalece empreendedores sociais no país

- 7 de novembro de 2016
O Impact Hub SP ficou conhecido como coworking antes e aos poucos fortaleceu o empreendedorismo social na capital. (Foto Impact Hub)