O Mettzer é um editor automático de trabalhos acadêmicos com planos para o B2B e B2C

- 17 de abril de 2017
mettzer

Nome:
Mettzer.

O que faz:
É um editor de trabalhos acadêmicos, que de forma automática ajuda os estudantes a colocar monografias e artigos nas Normas ABNT.

Que problema resolve:
O objetivo, de acordo com os sócio, é tornar mais simples e automatizado o processo de orientação para os professores.

O que o torna especial:
A plataforma também conta com um cronograma que auxilia os alunos a cumprirem as tarefas dentro dos prazos, um sistema de controle de versões para centralizar e simplificar a entrega de documentos e a possibilidade de orientação online, já que aluno e professor têm acesso remoto.

Modelo de negócio:
Para acadêmicos, a startup tem dois pacotes: o de teste gratuito (que não gera PDFs e funciona por sete dias) e o pago (que gera PDFs e disponibiliza edição por seis meses), no valor de 34,90 reais. Há também o modelo de assinatura com pagamento recorrente para universidades.

Fundação:
Agosto de 2014.

Sócios:
Felipe Mandawalli – CEO
Everton Martins – CMO
Sergio Mendonça – CTO

Perfil dos fundadores:

Felipe Mandawalli – 29 anos, Santa Maria (RS) – formado em Publicidade pela UNIFRA e em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina. É empreendedor serial, tem 10 anos de experiência em vendas B2C e B2B.

Everton Martins – 27 anos, Dourados (MS) – formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Pampa, pós-graduado em Design e Gestão de Marcas na Unochapecó, com MBA em Gestão de Projetos pela FGV. Trabalha na Resultados Digitais e já ajudou a desenvolver estratégias de marketing digital para empresas como a Senac, Locaweb e Sambatech.

Sergio Mendonça – 34 anos, Vacaria (RS) – formado em Sistemas de Informação na UFSC e pós-graduado em Gestão de Projetos. Também foi fundador do Fofertas, um agregador de ofertas de lojas infantis e trabalha no CIASC e seus projetos impactam milhares de pessoas no estado de Santa Catarina.

Como surgiu:
Felipe conta que a ideia surgiu em 2013, na época em que cursava Administração. Ele começou a pesquisar softwares que formatasse nas Normas ABNT automaticamente, tentou validar uma solução entre os colegas da faculdade e identificou a oportunidade.

Estágio atual:
A startup está incubada no MIDI Tecnológico, do Sebrae de Santa Catarina. Ela tem mais de 10 mil assinantes e quatro instituições de ensino que utilizam o seu modelo B2B.

Aceleração:
Participou do Inovativa Brasil e do Startup SC, que foi crucial no momento inicial da empresa onde estávamos provando o modelo de negócios e validando o MVP.

Investimento recebido:
Todo o investimento, de 100 mil reais, foi feito via bootstrapping (recursos próprios).

Necessidade de investimento:
O valor não foi informado.

Mercado e concorrentes:
“Hoje temos um mercado anual de aproximadamente 1,5 milhões de concluintes no ensino superior. Nossa empresa começa no Brasil, mas acreditamos na possibilidade de internacionalizar”, diz Felipe. A concorrência é formada por outras plataformas que fazem a formatação e revisão de trabalhos acadêmicos, como a Menthor.co e a FastFormat. A diferença é que nelas o trabalho não é feito automaticamente e de maneira compartilhada.

Maiores desafios:
“Encontrar novos parceiros e colaboradores para integrar o time e alcançar outra escala”, segundo Felipe.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Início de 2018.

Visão de futuro:
“Queremos revolucionar a produção acadêmica mundial. Até 2030 teremos mais de 400 milhões de pessoas no mundo todo estudando em universidades, de acordo com dados da UNESCO, e nós queremos estar lá contribuindo com estas pessoas e instituições de ensino”, diz Felipe.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.