SPONSORS:

O MeuJardim é um app que ajuda o usuário a fazer a manutenção das suas plantas

- 27 de dezembro de 2016
meujardim

Nome:
MeuJardim.

O que faz:
O aplicativo notifica os usuários a respeito de tarefas relacionadas à manutenção de plantas, além de intermediar o seu contato com fabricantes de produtos para jardinagem, lojas, paisagistas e jardineiros.

Que problema resolve:
Com a ferramenta, o usuário consegue descobrir qual adubo deve utilizar em cada espécie de planta, o inseticida ou herbicida jogar em cada praga, onde encontrar esses produtos e quais os melhores profissionais em sua região.

O que o torna especial:
O app é gratuito para o usuário final.

Modelo de negócio:
O MeuJardim trabalha como marketplace de serviços, e por isso vai cobrar uma taxa apenas dos profissionais cadastrados.

Fundação:
Março de 2016.

Sócios:
Rafael Guasti – CEO

Perfil do fundador:

Rafael Guasti – 22 anos, Franca (SP) – tem um MBA em Gestão e Marketing. É diretor de uma loja de paisagismo na cidade de Ribeirão Preto desde 2010.

Como surgiu:
“O MeuJardim surgiu após um tentativa de criar um pós venda automatizado para minha empresa. Durante o brainstorm solitário para a criação da ferramenta, tive a ideia do app”, conta o CEO.

Estágio atual:
A sede da empresa é em Franca e ele conta com 4 454 usuários cadastros. O app ainda não está 100% lançado. A parte dos profissionais, onde cadastrarão suas empresas e lojas, será lançada em janeiro de 2017.

Aceleração:
Está participando do processo de seleção da ACE e também da Sevna.

Investimento recebido:
Todo o investimento foi feito pelo próprio Rafael.

Necessidade de investimento:
Ele está em busca de 200 mil reais.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de paisagismo e jardinagem vem crescendo cerca de 20% ao ano e movimenta mais de 4 bilhões ao ano”, diz Rafael. Ele conta que não existe nenhum app parecido com o seu, mas que seus concorrentes indiretos são o GetNinjas e outros sites de buscas de profissionais.

Maiores desafios:
“Encontrar sócios que somem ao projeto”, segundo o fundador.

Faturamento:
Ainda não fatura.

Previsão de break-even:
Outubro do ano de 2017.

Visão de futuro:
“O próximo passo do MeuJardim é se transformar em um Marketplace de produtos, onde o cliente terá um produto sendo indicado para suas plantas e poderá comprá-lo pelo próprio app. Em relação a usuários, assim que o app for 100% lançado pretendo investir pesado no marketing e alcançar 50mil usuários até maio e 150mil até o fim do ano de 2017.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.