SPONSORS:

O Saúde Já facilita o agendamento de consultas e exames no Rio de Janeiro

- 9 de agosto de 2017
saúde já

Nome:
Saúde Já

O que faz:
É um aplicativo de marcação e pagamento de exames, consultas médicas e odontológicas do Rio de Janeiro.

Que problema resolve:
O app oferece preços acessíveis para pessoas que não têm planos de saúde ou utilizam o SUS.

O que a torna especial:
De acordo com o CEO, consultas e exames podem ser realizados em até 48 horas e especialistas cadastrados recebem uma remuneração 20% maior por consulta do que nos planos de saúde.

Modelo de negócio:
O Saúde Já lucra com a cobrança de consultas e procedimentos dos usuários.

Fundação:
Abril de 2016.

Sócios:
Rafael Multedo — CEO
Mario Multedo — Presidente do Conselho

Perfil dos fundadores:

Rafael Multedo — 31 anos, Rio de Janeiro (RJ) — é formado em Administração pela Universidade Cândido Mendes com pós-graduação em TI pela PUC-RJ. Foi diretor da Enercom Petróleo e Energia e é sócio da Tecvidya Solutions.

Mario Multedo — 60 anos, Rio de Janeiro (RJ) — é formado em Engenharia Civil pela PUC-RJ e Economia e Administração pela Universidade Cândido Mendes. Fundou e administrou nos últimos 30 anos companhias como Dictum Empreendimentos Imobiliários, Starfish Oil & Gas SA e Tecvidya Solutions.

Como surgiu:
O aplicativo surgiu da inquietação dos sócios com a situação do sistema de saúde no Brasil. “Nos perguntávamos o que poderíamos fazer para tentar ajudar quem não tem condição de pagar um plano de saúde, mas ao mesmo tempo não poderia esperar pelo demorado atendimento do SUS.”, diz Rafael.

Estágio atual:
O aplicativo conta com 1 200 médicos registrados, 100 clínicas odontológicas, 120 laboratórios e taxa de crescimento mensal de usuários de 30%.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
Foram investidos 3 milhões de reais pelos acionistas.

Necessidade de investimento:
Querem captar em torno de 10 milhões de reais para financiar a expansão nacional, prevista para começar no fim deste ano.

Mercado e concorrentes:
O concorrentes apontados pelos sócios são o Boa Consulta e o Doutor Já.

Maiores desafios:
“Os principais empecilhos são a falta de apoio do governo e a dificuldade de acesso às linhas de crédito”, conta o CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Segundo semestre de 2018.

Visão de futuro:
“Estabelecer um novo conceito de atendimento médico no mercado, que ajude a sanar as principais carências do setor, tornando-se a maior e mais completa plataforma de saúde digital do Brasil até o final de 2019”, afirma Rafael.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também: