SPONSORS:

Primeiro simulador veicular da América do Sul ajuda a desenvolver soluções para o carro e seu ecossistema

- 20 de outubro de 2017
O SIMCenter foi criado como um ambiente colaborativo e multidisciplinar, e será utilizado pelo meio acadêmico, por alunos e pesquisadores.
O SIMCenter foi criado como um ambiente colaborativo e multidisciplinar, e será utilizado pelo meio acadêmico, por alunos e pesquisadores.

Acaba de ser inaugurado em Belo Horizonte (MG) o que há de mais avançado na tecnologia mundial de simulação de dinâmica e segurança ativa de veículos. O Centro de Simulação de Dinâmica Veicular, batizado como SIMCenter, foi construído no campus do Coração Eucarístico da PUC Minas pela Fiat Chrysler Automobiles, em parceria com a universidade. State-of-the-art, esse simulador é o primeiro do gênero no Hemisfério Sul e também o primeiro da FCA no mundo, o que coloca o Brasil em posição de destaque no desenvolvimento de tecnologias de ponta que estarão no carro do futuro.

O foco não é apenas a simulação de sistemas automotivos. O SIMCenter permite o desenvolvimento e a experimentação de soluções urbanas inovadoras, ao gerar dados que vão além do automóvel, como comportamento e ergonomia do condutor, infraestrutura viária, entre outros aspectos. “Por meio dos sinais de telemetria como velocidade, aceleração, ângulo do volante, marcha inserida, torque e potência do motor, além das reações do motorista, é possível realizar uma análise completa do automóvel e do ecossistema onde ele está inserido”, explica o diretor-adjunto de Engenharia Chassis da FCA, Leandro Quadros.

“Com o SIMCenter, não precisamos mais esperar a construção de um protótipo para testá-lo. Conseguimos ainda simular situações de distração do motorista, cansaço, efeitos de medicamentos, além de sinalizações e traçados de rodovias que ainda não foram construídas, sempre em ambiente controlado e seguro, que podem até mesmo auxiliar na elaboração das legislações de trânsito”, exemplifica Toshizaemom Noce, supervisor de Inovação da FCA.

“O SIMCenter possibilita uma imersão total do motorista com o máximo de realismo da sensação de dirigir um veículo”, define Gustavo Costa, supervisor de Análise Virtual de Engenharia Chassis da FCA. A plataforma realiza todos os movimentos de um veículo real por meio de nove atuadores, sendo que três transmitem o movimento de translação e os outros seis transmitem a movimentação e a vibração da carroceria. O cockpit é equipado com um sistema de áudio que reproduz os sons do motor e as reações dos pneus com o piso. Para garantir o ambiente imersivo, uma tela curva com ângulo de visão de 230° completa o equipamento.

Os movimentos do cockpit são perfeitamente integrados às imagens projetadas na tela e alinhados com os comandos realizados pelo motorista, governados em tempo real pelos instrumentos da sala de controle. Costa explica que, até hoje, as simulações eram feitas apenas em “ambiente offline”, isto é, no computador, sem a interação com um motorista real. Agora, com a inauguração do SIMCenter, o ser humano passa a fazer parte das simulações. “É o conceito do driver-in-the-loop, que permite ao piloto, em tempo real, avaliar o comportamento do veículo à medida que as variáveis são ajustadas”, conta.

No SIMCenter, é possível avaliar, por exemplo, diferentes geometrias da suspensão em tempo real, num ambiente totalmente controlado, sem mesmo ter que ir a uma pista de teste. “Temos condições de identificar imediatamente qual é o impacto daquela alteração no desempenho e na segurança do veículo, a fim de projetar a melhor sensação de dirigir”, completa Costa.

A sala de controle é o cérebro do SIMCenter. É onde estão armazenados os modelos numéricos com as características técnicas e funcionais de cada componente do veículo que determinam a sua dinâmica, como os modelos não lineares de amortecedores, molas, pneus, direção, freios e barras estabilizadoras. Essas características técnicas, uma vez definidas nas simulações, tornam-se especificações técnicas para a construção das peças físicas que irão compor o veículo.

SIMCenter_1

O SIMCenter, do ponto de vista do motorista: imersão total com o máximo de realismo

De acordo com Costa, no simulador é possível dirigir em qualquer circuito do mundo. “Podemos simular qualquer ambiente e em qualquer momento. Podemos, por exemplo, pilotar um Jeep Renegade ou qualquer outro veículo no campo de provas da FCA em Balocco na Itália, em um dia de neve. Basta configurar essa realidade e pronto! Já podemos ter uma variedade enorme de dados do comportamento do veículo e do condutor nesse ambiente”.

Talvez você estranhe o fato do SIMCenter não estar localizado em uma montadora, mas sim dentro da universidade. A explicação é simples: ele foi criado para ser um ambiente colaborativo e multidisciplinar, e será utilizado não apenas por profissionais da FCA, mas também pelo meio acadêmico, por alunos e pesquisadores. O centro tem potencial de realizar pesquisas de áreas tão diversas como Engenharia, Arquitetura, Medicina, Fisioterapia e Psicologia, entre outras.

“O SIMCenter é resultado do que chamamos de uma tríplice hélice: do envolvimento do governo federal, via BNDES, da FCA e da PUC Minas. São o governo, a empresa e a universidade juntos, trabalhando para geração de conhecimento e inovação para o país e o mundo. Vamos formar pessoas que serão multiplicadoras do conhecimento gerado aqui”, destaca o professor Sérgio Hanriot, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da PUC Minas. Ele destaca a importância do trabalho em conjunto de universidades e empresas para acelerar inovações. “Nossa parceria com a FCA já dura 25 anos. Desde 1992, foram produzidas mais de 50 dissertações de mestrado, além de cerca de 15 Trabalhos de Conclusão de Curso apresentados semestralmente, números que tendem a aumentar com a inauguração do SIMCenter”, comemora Hanriot.

Os investimentos da FCA superaram R$ 18 milhões. “O SIMCenter é a nossa interpretação do que é fazer inovação no Brasil, com o objetivo é de criar algo que tenha valor para o mundo em termos de tecnologia automotiva de ponta. Isso só foi possível devido às políticas de incentivo do programa Inovar-Auto e apoio do BNDES”, completa Noce. O diretor-adjunto de Engenharia Chassis da FCA, Leandro Quadros, ressalta o legado que o novo ambiente irá promover. “Várias soluções técnicas e sistemas de segurança ativa e de auxílio aos condutores serão desenvolvidos aqui”, declara. “A FCA não chegou aqui por acaso. Partimos de uma base sólida de conhecimentos de Dinâmica Veicular, fizemos vários estudos e um amplo benchmarking ao redor do mundo até chegarmos na melhor configuração de um simulador. Hoje, não há nada mais moderno, mais complexo, mais completo no mundo do que o SIMCenter”, garante Quadros.

 

Esta matéria pode ser encontrada no Mundo FCA, um portal para quem se interessa por tecnologia, mobilidade, sustentabilidade, lifestyle e o universo da indústria automotiva..

banner-1

 

 

 

Veja também: