SPONSORS:

Recbits, questionários por vídeo

- 7 de maio de 2015
Logo da empresa.
Logo da empresa.

Nome:
Recbits

O que faz:
A Recbits é uma plataforma para coleta de depoimentos, entrevistas e respostas de pesquisas – tudo em vídeo. Pode ser utilizada tanto para fins pessoais quanto corporativos.  O usuário cria um projeto, define perguntas (em texto ou vídeo), tempo limite de resposta e as envia para seus convidados por email. O convidado então fica em frente ao computador/tablet/smartphone, clica em um botão e grava a resposta. Os vídeos são armazenados e podem ser baixados para edição posterior, distribuídos por serviços de streaming, enviados para sites como o YouTube ou apresentados em qualquer página web, utilizando um widget.

Que problema resolve:
“Apesar de nossa comunicação digital ser cada vez mais baseada em vídeos, não existe uma ferramenta que facilite a captação e distribuição de vídeos pessoais. A Recbits permite que uma pessoa, veículo ou marca, tenha um contato pessoal com clientes e parceiros”, dizem os fundadores.

O que a torna especial:
Os fundadores acreditam que, ao mesmo tempo em que facilita uma entrevista, a ferramenta também torna mais pessoal o diálogo porque ele acontece em vídeo. Eles elegem algumas possíveis aplicações:

– Entrevistas jornalísticas com fontes distantes da redação;
– Depoimentos para campanhas e promoções;
– Resposta a pesquisas;
– Confirmação de compra e avaliação de produtos online;
– Comentários em vídeo de artigos;
– Conversas entre grupos de trabalho/estudo remotos;
– Educação à distância;
– Aproximar clientes de marcas, mostrando depoimentos de usuário em seu próprio ambiente;
– Casting de atores e modelos;
Pré entrevista para recrutamento e seleção de profissionais;

Fundação:
Começou em 2014 e entrou no ar em beta, fechado, no início de 2015. Está no ar desde o final de abril.

Modelo de negócios:
Freemium. Há um plano gratuito que qualquer pessoa pode usar e versões pagas, que variam de acordo com a necessidade de customização e volume.

Sócios:
Fabricio Silveira – Diretor de Criação.
Gabriel Marques Verta – Diretor de Tecnologia.
José Octavio de Castro Neves Junior – Diretor Geral.

Perfil dos fundadores:
Fabricio Silveira – 30 anos –  CCO e co-fundador da Full Squad, agência de inovação digital, responsável pela criação da Recbits. Atua no mercado da comunicação há mais de 10 anos.
Gabriel Marques Verta – 28 anos – CTO e cofundador da Full Squad. Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – IFSP. Atua no mercado de tecnologia há 10 anos.
José Octavio –  37 anos – co-fundador da Full Squad. Iniciou sua carreira profissional trabalhando como programador e administrador de sistemas. Agora atua na área de negócios, criando produtos e fazendo as coisas acontecerem.

Como surgiu:
Foi criado pela agência de inovação Full Squad, quando um veículo de comunicação, cliente deles, apresentou a necessidade de uma ferramenta para realizar entrevistas à distância, que não fossem em tempo real. Durante o desenvolvimento, eles perceberam que havia um potencial maior e resolveram transformar a ferramenta em um produto.

Estágio atual:
Em beta aberto.

Aceleração:
Não procuram.

Necessidade de investimento:
Estão abertos a possíveis investidores mas não os estão procurando ativamente.

Investimento recebido:
Recbits é um projeto bootstrap, ou seja, realizado com recursos próprios.

Mercado e concorrentes:
Acreditam não ter concorrente direto. Mas consideram o YouTube, serviços de streaming e até o Skype como concorrentes indiretos.

Maiores desafios:
“Nosso maior desafio agora é transformar o Recbits em uma plataforma global. Para isso, precisaremos de um parceiro que entenda o mercado lá fora e conheça os canais certos de divulgação”, dizem os fundadores.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Em 2016.

Visão de futuro:
“A Full Squad sempre teve o sonho de ter um produto escalável com potencial para atingir o mundo inteiro. O Recbits é nossa tentativa mais real e sólida para isso. Tivemos outros projetos de sucesso, que abriram frentes para a empresa, mas nenhum deles iniciou esse fenômeno que esperamos que aconteça com o Recbits”, dizem os fundadores.

Onde Encontrar:
Site
Email


Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua  iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Social Docs, uma produtora especializada em contar a história de projetos sociais

- 17 de julho de 2017
Marcelo e Henry têm cada um uma produtora, mas se associaram para criar a Social Docs, especializada em negócios não lucrativos.

Na Stayfilm, a saída de um sócio, a expansão internacional e a paternidade mudaram tudo

- 27 de outubro de 2016
Douglas e Daniel, fundadores da Stayfilm, em Londres. A startup opera lá graças a um incentivo do governo local.

Inovadora e premiada, a Samba Tech está expandindo e vai atuar nos Estados Unidos

- 1 de fevereiro de 2016
Gustavo Caetano, da Samba Tech, gosta de "arriscar e ver no que dá". Ele conseguiu o primeiro investimento ao pedir ajuda para o pai: "Me apresenta um cara rico?".