Seleção Draft – AI e open source

- 23 de fevereiro de 2016
Quando o consumidor é quem está em jogo, por que não inovar abertamente? (Imagem: Neil Conway - Flickr/ Reprodução)
Quando o consumidor é quem está em jogo, por que não inovar abertamente? (Imagem: Neil Conway - Flickr/ Reprodução)

Porque o open source faz sentido para a AI
Grandes empresas como Microsoft, Google, Amazon e Facebook têm desenvolvido pesquisas dentro da inteligência artificial. E todas apostam no open source como base de suas pesquisas, não por desapego com seus produtos. Em seu texto no Singularity Hub, Patrick Shafto explica o porquê:

“Nenhuma dessas companhias é motivada pela venda de anúncios. A moeda delas é a nossa atenção. Por isso, elas querem ser a estrutura que vai motivar a inovação de outras pessoas”

O raciocínio é que quanto mais gente tiver acesso aos seus códigos, maiores as chances de se encontrar bugs e problemas que possam atrapalhar a experiência, permitindo que sejam corrigidos logo. Leia mais no link acima.

 

O que toda SaaS deve ter?
Qualquer startup de SaaS (software como serviço, em português) deve usar a sua própria ferramenta para criar um bom suporte ao usuário. Quem diz é Jeason Lemkin, da SaaStr, entrevistado no The Next Web. O artigo, no link acima, traz uma lista do que essas empresas precisam fazer internamente para chegar à excelência:

1) Todos os funcionários devem oferecer suporte ao consumidor;
2) Crie um sistema para acompanhar procedimentos que funcione de verdade;
3) Segmente as suas interações com os usuários;
4) Eleja alguém craque em suporte ao cliente para te ajudar a implementar esse sistema com todos.

 

Coworking de Economia Criativa
A capital fluminense vai ganhar um novo espaço de coworking em março. A iniciativa é da incubadora Rio Criativo e vai focar no desenvolvimento de empresas e projetos de Economia Criativa. Serão 40 estações de trabalho para os frequentadores, que a cada seis meses trocarão de lugar com outros empreendedores. Todo o processo é gratuito. Até agora, 72 empresas foram selecionadas para participar do início deste rodízio. Acesse o link acima para conhecer a incubadora e acompanhe a fanpage do projeto para saber das novidades.

 

Curso de DT na ESPM
No dia 9 de março, a ESPM, em São Paulo, vai oferecer um curso de atualização de Design Thinking. Destinado a empreendedores e profissionais de todas as áreas que buscam inovação e querem encontrar o equilíbrio entre pode ser feito de novo com a tecnologia e o que é financeiramente viável. Os interessados podem se inscrever pelo link acima. O investimento é de 2 252 reais.

Veja também:

Ele registrou em cartório o primeiro clube de cannabis do país. E tudo começou com um coworking de advogados

- 21 de setembro de 2017
Fernando Santiago, empreendedor do ramo de coworkings, tornou-se um especialista em mercado canábico e não tem vergonha disso: "É preciso sair do armário". (foto: Luís Tajes)

A Muove usa tecnologia e conhecimento especializado em cidades para melhorar a gestão pública

- 12 de setembro de 2017
Ricardo Ramos e Rodolfo Fiori fundaram a Muove para ajudar, com análise de dados, na gestão de pequenos municípios.