SPONSORS:

Seleção Draft – As vantagens do boostrapping

- 18 de julho de 2017
Usar as finanças pessoais para lançar sua startup te dá mais liberdade para criar. (Imagem: EveryPenny - Flickr/Reprodução)
Usar as finanças pessoais para lançar sua startup te dá mais liberdade para criar. (Imagem: EveryPenny - Flickr/Reprodução)

As vantagens do bootstrapping
Começar uma startup através de bootstrapping, ou seja, sem investimento externo, é sempre difícil. No Medium, a especialista em marketing digital Peace Itimi afirma que o empreendedor tem que aprender a lidar com recursos humanos limitados e um orçamento apertado. Mesmo assim, em seu texto (no link acima), ela lista uma série de vantagens desta escolha:

1) Começar pequeno e ter a chance de testar melhor suas ideias antes de escalar;
2) Otimizar seus produtos e serviços sem se preocupar em bater metas de vendas;
3) Ter liberdade para criar e executar ideias sem intervenções de um investidor;
4) Aprender “na marra” a direcionar melhor seus gastos.

 

Academia x mercado
Na Business Insider, Julie Bort conta que a cofundadora do laboratório de pesquisas do Google, Google X, e atual chefe de tecnologia da Nest, Yoky Matsuoka, vê um abismo entre o que é produzido por pesquisas acadêmicas e o que vai para o mercado. Para ela, de um lado, os pesquisadores acreditam que é possível transformar seus estudos em algo desejado por milhões de consumidores. De outro, os desenvolvedores de produtos não estão dispostos a apoiar novas tecnologias testadas por “apenas dez pessoas”. Como solução, sugere mais cooperação entre as duas partes. Leia mais no link acima.

 

Chega de falação
O cientista de dados Kevin Mcnally critica as empresas que alardeiam a AI apenas como forma de autopromoção em vez de, de fato, uma estratégia para resolver o problema de seus clientes. Apesar disso, diz que há exceções. No artigo da Fast Company (no link acima), ele elogia iniciativas como as da Netflix e do Spotify que, a seu ver, sabem aplicar esta tecnologia para melhorar e personalizar a experiência dentro de suas plataformas, sugerindo filmes e músicas baseados na escolha anterior do usuário.

 

Inovação no Recife
Nesta sexta-feira (21), Renata Berenguer ministra no Recife uma aula sobre inovação e novos negócios, em que abordará conceitos básicos, estratégias e ferramentas para geração e avaliação de ideias e criação de startups. A palestrante é doutoranda em administração pela UFPE e trabalhou para o Sebrae e CNPQ orientando micro e pequenas empresas na área de inovação. O investimento é de 30 reais e as inscrições podem ser feitas no link acima.

Veja também:

“Precisamos de uma população que aprenda a discutir, que saiba reclamar. A solução de ontem não vale hoje”

- 21 de dezembro de 2017
Martha Gabriel é escritora e palestrante especialista em marketing digital e inovação.