SPONSORS:

Seleção Draft – Conecte-se

- 22 de setembro de 2017
Dê mais valor à sua intuição. Seu business agradecerá (Imagem: Pixabay/Reprodução).
Dê mais valor à sua intuição. Seu business agradecerá (Imagem: Pixabay/Reprodução).

Conecte-se
A intuição tem um papel importante no gerenciamento de um negócio, mas muitos empreendedores costumam ignorar os próprios instintos. Segundo o mentor Andrew Griffiths, o motivo para esse bloqueio se deve ao excesso de ocupações e à valorização de dados meramente técnicos. No Inc. (link acima), ele sugere práticas para ajudar a melhorar a conexão com o sexto sentido. Entre elas:

1) Institua momentos de silêncio para refletir;
2) Pense mais emocional do que intelectualmente;
3) Desapegue-se dos resultados (em especial, os financeiros);
4) Aprenda com os erros cometidos.

 

Pequeno e bom
Histórias de negócios que começaram em uma garagem e atingiram o topo fazem os olhos de qualquer fundador brilharem. No entanto, é possível continuar pequeno e obter resultados igualmente bons. Alex Chriss, vice-presidente da Intuit (plataforma com soluções web e mobile para negócios) indica estratégias para isso no Linkedin. Entre elasusar tecnologia, focar em nichos e buscar parcerias. Ele também recomenda divulgar suas soluções com o apoio de grandes empresas, por exemplo, vendendo seus produtos em sites como o da Amazon. E, quem sabe assim, não acaba despertando o interesse desses gigantes? Leia mais no link acima.

 

Paixão ou conhecimento?
No Medium do Climb Lean (que publica dicas para startups), um texto questiona qual caminho o empreendedor deve escolher ao começar um negócio: fazer o que sabe ou o que ama? O artigo traz a opinião de especialistas sobre as consequências de se optar pela paixão. Entre os prós: encontrar forças nas dificuldades, motivar a equipe e contagiar clientes. Já entre os contras: tornar-se arrogante, não enxergar erros e ignorar feedbacks. Como solução ao impasse, a publicação (no link acima) elege o meio termo: conciliar habilidades, paixões e um problema a ser resolvido.

 

Negócios de Impacto Periférico
Acontece no próximo dia 28, em São Paulo, o evento Negócios de Impacto Periférico. O encontro traz como convidado Celso Athayde, fundador da Favela Holding, Favela Vai Voando e Cufa, para falar sobre a conexão entre empreendimentos da favela com grandes empresas. O bate-papo é gratuito e não é preciso fazer inscrição. Para conferir os detalhes, acesse o link acima.

Veja também: