Seleção Draft – Criar é bom, executar é melhor

- 29 de novembro de 2016
Manter uma startup de pé não depende só da sua capacidade criativa. (Imagem: Trillium Artisans - Flickr / Reprodução)
Manter uma startup de pé não depende só da sua capacidade criativa. (Imagem: Trillium Artisans - Flickr / Reprodução)

Criar é bom, executar é melhor
Aprender com o erro alheio é uma das primeiras regras do empreendedorismo. Em seu texto no Medium, o gerente de produtos Shawn Dexter fala do case da Quirky Inventions, uma plataforma colaborativa que reunia invenções para o dia a dia. Apesar de inspiradora, a startup não sobreviveu, pois não chegou a se tornar uma marca forte. Além disso, a empresa falhou em validar a sua ideia no mercado, escolheu os canais errados para vender as invenções que ali surgiam e não teve foco para criar produtos realmente excelentes. Todas são boas lições para quem empreende. Leia mais no link acima.

 

Lide com o risco
O medo é um sentimento comum para quem tem um negócio. Mike Maddock, na Forbes, aborda a relação entre medo e oportunidade. O autor, que diz observar empreendedores por muitos anos, fala da importância de se permitir correr riscos para não se acomodar, pois criar algo novo requer movimento. A falta de ação, aliás, gera muito mais insegurança, segundo o autor, por isso tomar uma atitude é muito mais eficaz do que passar dias pensando sobre o seu medo.

 

Tendências de marketing para 2017
Algumas plataformas e ferramentas que ganharam atenção neste ano vão se tornar indispensáveis em 2017. No Venture Beat, Mitchell Reichgut, CEO do Jun Group (agência de publicidade digital), lista algumas delas. Para ele, cada vez mais empresas vão anunciar por meio de:

1) Plataformas de transmissões ao vivo;
2) Aplicativos de realidade aumentada;
3) Assistentes virtuais de mensagens, os chatbots;
4) Vídeos imersivos, como os de visão 360°.

 

What Design Can Do!
Realizado há cinco anos em Amsterdã, na Holanda, o evento What Design Can Do! vai chegar a São Paulo nos dias 13 e 14 de dezembro, no Teatro FAAP. A edição brasileira traz cerca de 20 palestrantes. Designers, arquitetos, jornalistas, estilistas e chefs de cozinha vão trocar experiências criativas e discutir sobre a visão do design em temas relevantes relacionados a questões urbanas, consciência cultural e natureza. Os ingressos, à venda aqui, custam entre 400 reais e 690 reais. Veja a programação completa no link acima.

Veja também:

Verbete Draft: o que são Xennials

- 2 de agosto de 2017
Os Xennials estão entre a Geração X e os Millennials — e sabem que os tênis acima são de Marty McFly em De Volta para o Futuro. Você é um deles? (imagem: reprodução internet).

“Resistir ao erro é resistir à ideia. É preciso aprender a correr riscos”

- 13 de julho de 2017
Gabriela Viana, diretora de Marketing da Adobe para a América Latina, fala de como é inovar neste nível.

A mandala do novo Branding

- 23 de junho de 2017
527 0 0
No próximo dia 4, na Academia Draft, Andrea Dietrich e Luciana Bazanella vão apresentar conceitos e cases dessa nova forma de entender a comunicação. Venha fazer a mandala da sua marca!

“É ridículo como as ‘modas’ digitais se tornam um paraíso para oportunistas no Brasil. Eis a verdade sobre elas”

- 9 de junho de 2017
Luciano Palma trabalha com tecnologia há mais de 20 anos e desvenda alguns "truques" usados por gente mais interessada em vender do que em entender sobre o que vende.