Seleção Draft – Crie empatia pelo consumidor

- 26 de dezembro de 2016
Ter uma equipe que se coloca na pele do usuário é a melhor estratégia. (Imagem: renatomitra - Flickr/ Reprodução)
Ter uma equipe que se coloca na pele do usuário é a melhor estratégia. (Imagem: renatomitra - Flickr/ Reprodução)

Crie empatia pelo consumidor
Os fundadores do aplicativo Twilio (startup que cria ferramentas de comunicação na nuvem) têm uma tática própria para fazer com que seus novos funcionários se coloquem na pele do usuário. Todos, independente da área onde vão trabalhar, passam uma semana programando um aplicativo. No Harvard Business Review, Matt Nowack, um dos criadores da iniciativa, diz que isso não pode funcionar para toda startup, mas que é importante ter pelo menos a sua versão própria. Ele escreve:

“No fim do dia, funcionários que tenham empatia pelo usuário afetam mais os seus resultados que qualquer outra estratégia”

 

Como eles querem melhorar o mundo
Já de olho nas pessoas e empresas que estão com propostas interessantes para o próximo ano, a Fast Company perguntou a seis CEOs, de diferentes indústrias, quais são seus objetivos a curto prazo. Entre os citados estão: criar mais oportunidades para as (ainda) minorias na tecnologia, recrutar startups para arrecadar fundos para programas de apoio a família vulneráveis, conectar mais pessoas a causas sociais e apoiar cientistas e agricultores locais. Leia no link acima.

Veja também:

Verbete Draft: o que é Human Economy

- 22 de março de 2017
839 54 0
Na foto, funcionários da companhia aérea SouthWest. Quando um voo atrasa para que um avô não perca o velório de seu neto (o caso é relatado no texto), o que está em evidência são as pessoas, e não só o lucro.

O que a Singularity University procura no Brasil? “Indivíduos excepcionais, capazes de mudar o mundo”

- 17 de março de 2017
Pascal Finette, VP de Startups Solutions da Singularity University, fala do primeiro programa de impacto social da universidade no Brasil.