SPONSORS:

Seleção Draft – Durma bem

- 20 de novembro de 2017
Uma boa noite de sono também deve estar entre as prioridades de um fundador (Imagem: Pexels/Reprodução).
Uma boa noite de sono também deve estar entre as prioridades de um fundador (Imagem: Pexels/Reprodução).

Durma bem
É fato que uma boa noite de sono ajuda a manter a saúde equilibrada. No entanto, dormir não está na lista de prioridades da maioria dos empreendedores. Arianna Huffington, fundadora do Huffington Post, é um exemplo disso, como mostra o artigo do Foundr (link acima). Em 2007, após trabalhar 18 horas seguidas, ela foi encontrada desacordada e ferida, em seu escritório. No médico, descobriu que havia desmaiado de exaustão e batido o rosto na mesa de trabalho. Depois do episódio, conta que aprendeu a valorizar o descanso. Para quem ainda está nessa luta, o texto dá algumas dicas: livrar-se do celular ao se deitar, deixar claro para colaboradores e clientes que está inacessível de noite e entender os próprios limites.

 

Uma pessoa melhor
Abrir um negócio não se trata apenas de ganhar dinheiro e obter sucesso. No Medium, Stephen Moore, fundador da fabricante de móveis Roots Furniture, defende que essa jornada transforma o empreendedor em um ser humano melhor. A começar pelo problema que busca resolver, pois, ao encontrar soluções inovadoras, desenvolve cada vez mais seu raciocínio, diz o autor no texto (link acima). Já lidar com projetos, permite que aprenda a gerenciar times e atender prazos. E mesmo o fracasso compensa: traz humildade e cria uma “camada protetora” para decisões futuras.

 

ColaborAmerica
O Rio de Janeiro recebe, entre os próximos dias 23 e 25, o Festival Internacional ColaborAmerica. A 2ª edição do evento tem como tema “Inovar é regenerar” e apresenta estratégias para fazer negócios com boas práticas sociais e ambientais. Em três dias de festival, serão mais de 40 palestras, além de workshops e oficinas sobre inovação, tecnologia e modelos alternativos de economia. Entre os destaques, Pedro Tarak, cofundador e presidente do conselho do Sistema B, e Patricia Shaw, membro do conselho da Schumacher College. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link acima.

Veja também:

“Cinco lições – de vida e de negócios – que aprendi conversando com 150 pessoas admiráveis”

- 15 de dezembro de 2017
Alexandre Waclawovsky, o Wacla, compartilha o que aprendeu em 150 conversar com CEOs e empresários que admira. É mais simples do que parece.