Seleção Draft – Encontre uma ideia lucrativa

- 9 de janeiro de 2017
Para identificar o potencial de uma ideia, entenda a sua relação com ela.  (Imagem: Hey Paul Studios - Flickr/ Reprodução)
Para identificar o potencial de uma ideia, entenda a sua relação com ela. (Imagem: Hey Paul Studios - Flickr/ Reprodução)

Encontre uma ideia lucrativa
O que te faz pensar que uma ideia não é boa o bastante? No Entrepreneur, Daniel DiPiazza (do blog Rich20Something) aponta um problema comum em futuros empreendedores: começar pela metade e desistir rapidamente. Por isso, ele diz que identificar o potencial de uma ideia começa por lembrar de que o seu negócio deve sempre solucionar um problema que você e outras pessoas enfrentam, que podem envolver hobbies e habilidades que você já tem, trabalhos que você realizou, coisas que as pessoas pedem de você ou aquilo que você deseja aprender. Leia no link acima.

 

Em que pé estão os bots?
Em um artigo na Fast Company, Mark Sullivan faz uma retrospectiva da evolução dos chatbots dos últimos anos e conta quais são as capacidades desses sistemas atualmente. “Cada informação que um bot dá a um usuário foi fornecida por um humano em algum momento”, ele diz. Ou seja, a capacidade de aprender de forma independente ainda é limitada – mesmo sendo impressionante essa conversa de dois robôs do Google Home, que durou quatro dias e virou um dos links mais interessantes da última semana.

 

GSVLabs no Brasil
A aceleradora do Vale do Silício GSVLabs – que já investiu em empresas como Dropbox, Coursera e Spotify – vai chegar neste ano em território brasileiro, em parceria com a consultoria KyvoDesign-driven Innovation. A ideia é abrir, até o fim de janeiro, um programa de aceleração de startups brasileiras utilizando suas metodologias e estratégias, com apoio de 170 mentores. Leia mais no StartSe, no link acima.

 

Novos residentes no Google Campus SP
Os empreendedores interessados em levar as suas startups para o Google Campus SP já podem se inscrever para integrar a segunda turma do espaço. As empresas terão seis meses de espaço de trabalho permanente, acesso prioritário à rede de experts do Google, oportunidades para participar de programas de imersão globais, além de eventos e conteúdos exclusivos, sem nenhum custo. Veja como participar no link acima.

Veja também: