Seleção Draft – No bonde das startups

- 9 de agosto de 2016
No bonde da startups, é preciso ser honesto e criativo para atrair talentos. (Imagem: Mathias Pastwa - Flickr/ Reprodução)
No bonde da startups, é preciso ser honesto e criativo para atrair talentos. (Imagem: Mathias Pastwa - Flickr/ Reprodução)

No bonde das startups
Trabalhar para uma grande empresa já não faz parte dos sonhos de muitos profissionais. Uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, por exemplo, mostra que 87% de 26 mil entrevistados se interessa mais em integrar startups com menos de 200 funcionários. Com base nela, Wade Burgess dá dicas para que essas empresas atraiam mais talentos:

1) Diga, com clareza, o que sua empresa pode fazer pela carreira do candidato;
2) Faça com que a busca por referências seja parte da sua cultura;
3) Seja honesto e criativo a respeito dos salários e benefícios;
4) Pergunte aos seus funcionários o que os motiva a continuar na empresa.

Leia mais na Fast Company.

 

As residentes do Google Campus
Foram anunciadas hoje as 15 startups escolhidas para a residência no Google Campus São Paulo. Além dos programas do Google for Entrepreneurs, as empresas terão acesso a intercâmbio, mentoria regular, reuniões com engenheiros e especialistas técnicos, além de vendas, marketing, UX e outras oportunidades. Durante seis meses, as residentes serão: AlugaLogo, Baby&Me, Bliive, Cuponeria, Easycrédito, Idwall, Nama, New Hope Ecotech, ProDeaf, Scicrop, SenseData, Smarttbot, StoryMax, Trakto e Upbeat Games.

 

VC à primeira vista
Aquele e-mail que te apresenta a um investidor em potencial não é inofensivo. Na Inc., Ross Baird explica a diferença entre um simples convite para um café e um pedido claro e objetivo para conversar. Para ele, o primeiro contato deve sempre incluir aquilo que a startup busca, o valor que o papo pode ter para o VC e um resumo de como seria a conversa (o que você precisa perguntar). Seguindo esse script, o autor garante que as chances de retorno aumentam drasticamente.

 

Programação para iniciantes
A MasterTech está com as inscrições abertas para seu workshop de Programação para não programadores, comandado por Camila Acchutti. Nele, ela vai abordar origens da programação e dar noções para idealizar, gerenciar e construir produtos digitais. O investimento é de 110 reais e o curso será realizado no Cubo, em São Paulo.

Veja também:

A Muda Mundo nasceu, morreu. Mas o fim de um negócio social não é o fim do mundo

- 20 de fevereiro de 2017
Carol, Renato e Bruna dedicaram um ano de suas vidas à Muda Mundo. O negócio não prosperou, mas eles levam lições e novos planos adiante.

Flowmakers: como um ex-empreendedor falido e frustrado com a escola hoje forma jovens para startups

- 29 de novembro de 2016
A equipe do Flowmakers em sua primeira casa em São Paulo. Rafael Ucha (o primeiro à esquerda) é um idealizadores dos ciclos de aprendizado