SPONSORS:

Seleção Draft – O seu cliente quer vitórias

- 23 de junho de 2016
Deixe claro quais são os ganhos que o consumidor tem ao usar a sua plataforma. (Imagem: Kenny Louie - Flickr/ Reprodução)
Deixe claro quais são os ganhos que o consumidor tem ao usar a sua plataforma. (Imagem: Kenny Louie - Flickr/ Reprodução)

O seu cliente quer vitórias
Para uma startp crescer, ela precisa de retenção. Pessoas que gostem de verdade do produto e que o utilizam com frequência. Por isso, George Deeb diz em seu texto na Forbes que nesse “jogo de conquista” é essencial incluir vitórias claras para os seus clientes. Elas podem surgir na forma de vantagens em relação aos concorrentes, economia de tempo, dinheiro etc. O importante é olhar para esses benefícios do ponto de vista de quem está comprando, para acertar na maneira de apresentar a sua solução. O autor escreve:

“Todo o seu pitch precisa ser feito em cima da mentalidade do ‘é aqui onde você ganha'”

Leia mais no link acima.

 

Usuário ou consumidor?
Aparentemente, consumidor e usuários soam como sinônimos. Mas muitas startups falham em perceber que, além de serem conceitos bem diferentes, cada um tem a sua jornada específica.. No texto do The Next Web, no link acima, Jerry Cao explica:

1) A UX diz respeito a um produto específico, como um app ou software. Ela analisa a usabilidade, arquitetura, programação visual e outris detalhes que influenciam na compreensão de uma plataforma;
2) A CX tem um escopo maior. Abrange a relação das pessoas como todos os canais de uma marca, o seu processo de vendas, atendimento, preço e tudo o que ultrapassa os limites da UX.

 

Snapchat além dos filtros
O Snapchat não se resume a um aplicativo amado por millennials. Em seu texto no Business Insider, Seth Archer fala de como a plataforma pegou a dianteira dentre empresas que investem em realidade aumentada, por já saber como monetizá-la. Sim, isso ainda se resume a filtros e efeitos de animais, mas agora a empresa finalmente descobriu como ganhar dinheiro usando reconhecimento facial. Talvez os planos da rede social não sejam tão ambiciosos quanto os da Microsoft ou Google, mas ela já colocou essa tecnologia nas mãos dos seus usuários.

 

Curso de inovação social
A Escola Design Thinking está com as inscrições abertas para o curso “Como impacte positivamente a sociedade?”, que acontece entre os dias 29 de junho e 1 de julho, em São Paulo. Nesses três dias, os participantes do programa irão participar de três projetos utilizando as ferramentas de inovação social em diferentes contextos. Para se inscrever, acesse o link acima. O investimento é de 1 800 reais.

Veja também:

Como o Sense-Lab ajuda projetos de impacto social a se tornarem financeiramente viáveis

- 14 de novembro de 2017
A equipe do Sense-Lab (Yurik, de camiseta preta, Andreas, no meio de camiseta azul, e Lucas, de camiseta verde) com o pessoal do Instituto Favela da Paz, na zona sul de São Paulo.