Seleção Draft – Por que cópias falham

- 21 de julho de 2016
Imitar uma startup sem considerar algumas variáveis pode custar caro. (Imagem: Pascal - Flickr/ Reprodução)
Imitar uma startup sem considerar algumas variáveis pode custar caro. (Imagem: Pascal - Flickr/ Reprodução)

Por que cópias falham
O frustração de ter deixado uma ideia para trás, segundo o especialista em startups Bruno Perin, pode levar algumas pessoas a jogar tudo para cima e decidir copiar um modelo já existente. No Startupi, ele diz que isso é um erro grave, pelas seguintes razões:

1) Não há como ignorar as peculiaridades de cada lugar e o comportamento das pessoas;
2) A sua equipe não criou aquele modelo, então não tem a mesma experiência;
3) Credibilidade não se constrói do dia para a noite.

Para o autor, o melhor é buscar inspiração para fazer melhor, não apostar em um clone. Leia mais no link acima.

 

Bots e humanos podem conviver
O artigo do link acima, de Cory Edwards no TechCrunch, traz alguns exemplos de como empresas estão usando bots (robôs que usam a inteligência artificial para servir de assistentes) para transformar sua relação com o consumidor. Na opinião dele, a integração de serviços de robôs e humanos ao e-commerce, bem como nas redes sociais, é só uma questão de tempo. E isso significa que a tal comunicação “para tornar marcas mais humanas” também vai precisar explorar novos meios.

 

Startups precisam de CRM
O termo é muito usado no mundo corporativo, mas entre startups o CRM não é tão aplicado – pelo menos na teoria. Em seu texto no Your Story, o indiano Balesh Lakshminarayanan diz que a ferramenta nunca foi tão importante, especialmente para quem empreende. Se usada em uma plataforma de gestão, ela pode te ajudar a ter uma visão clara para escalar, automatizar relatórios, reduzir custos e aproveitar funções que grandes empresas também usam no dia a dia. Leia mais no link acima.

 

Scrum no MasterTech
A proposta do workshop de Camila Acchutti no dia 4 de agosto, no MasterTech, é ensinar os participantes a usar as práticas de Scrum aplicada a um problema real: construir uma cidade com Legos. As vagas são limitadas. Para fazer sua inscrição no curso, que acontece em São Paulo, acesse o link acima. O investimento é de 210 reais, pagos em duas parcelas.

Veja também: