Seleção Draft – Quem vai usar o seu app?

- 31 de março de 2017
Sem algumas preocupações prévias, o lançamento de um app pode passar despercebido. (Imagem: Chris Isherwood - Flickr/ Reprodução)
Sem algumas preocupações prévias, o lançamento de um app pode passar despercebido. (Imagem: Chris Isherwood - Flickr/ Reprodução)

Quem vai usar o seu app?
O empreendedor serial Evan Luthra destaca no canal The Oracles, no Medium, os 10 passos necessários para a criação de um aplicativo relevante. Entre as cinco principais, ele elenca:

1) Tenha um design perfeito desde o início;
2) Crie algo que 100 pessoas irão amar, não o que 1 000 irão apenas gostar;
3) Não deixe para entender o modelo de negócio do aplicativo depois;
4) Foque em resolver um problema com a ferramenta;
5) Encontre bons parceiros e conselheiros.

Leia mais no link acima.

 

Custo de desbravamento
Ser a primeira startup a desbravar um mercado inexplorado tem seu lado negativo. No StarSe, João Vitor Chaves da Silva (fundador do Empreenda Junto), fala do que ele chama de “custo de desbravamento”. Ou seja: o tempo, dinheiro e energia que você investe para provar que a sua solução alternativa é vantajosa. Ele diz que é necessário aceitar uma verdade nesse processo:

“Se o seu mercado é realmente bom, competidores vão surgir e eles terão um caminho mais fácil do que o seu”

 

Os primeiros ciborgues
E se a saída para evitar consequências negativas da expansão da inteligência artificial for transformar humanos em ciborgues? É nisso que Elon Musk, empreendedor conhecido por projetos futuristas, acredita. No Estadão Link, Pedro Doria fala briga que divide o Vale do Silício filosoficamente. “De um lado, Mark Zuckerberg (Facebook) e Larry Page (Google), do outro, Bill Gates e Musk. Os primeiros investem pesado em AI porque, consideram, ela trabalhará em benefício de todos, produzirá riqueza, aumentará o tempo de lazer da humanidade. Os outros acham que não é tão simples assim”, escreve.

 

Inovação e empreendedorismo
No dia 8 de abril, Rodrigo Lemes, líder de design e inovação da Samsung Brasil, vai organizar um workshop a respeito de inovação e empreendedorismo digital em Campinas. Ele vai abordar cases, falar sobre o ciclo de vida de inovação, as necessidades de startups e indicar aplicações práticas. O investimento é de 90 reais e as inscrições abertas pelo link acima.

Veja também:

Como a HomeRefill hackeia o setor supermercadista entregando em casa itens básicos, e lucrando mais

- 30 de novembro de 2016
Guilherme Aere dos Santos, fundador da startup, desenvolveu um sistema de venda e entrega de produtos básicos com o qual combate o desperdício e lucra até quatro vezes mais que os supermercados.

Verbete Draft: o que é Chatbot

- 30 de novembro de 2016
Não é assim, mas é como se fosse: do outro lado da sua conversa online existe um robô.

Cinco coisas sobre ciborgues e como eles podem mudar o mundo, ou a sua vida. Mas não hoje

- 2 de novembro de 2016
Moon Ribas e Neil Harbinson são ciborgues. Ela implantou sensores sísmicos nos antebraços. Ele, uma antena na cabeça. Por necessidade, pela arte, pelo direito de explorarem o próprio corpo e sentidos. Até, para fazerem negócios.