Seleção Draft – Questione suas ideias

- 13 de março de 2017
Vale pensar no que pode dar errado, mesmo quando a ideia for promissora (Imagem: Marina del Castell - Flickr / Reprodução)
Vale pensar no que pode dar errado, mesmo quando a ideia for promissora (Imagem: Marina del Castell - Flickr / Reprodução)

Questione suas ideias
O Business Insider conversou com oito jovens empreendedores que figuram na lista de 2017 da Forbes de 30 jovens inovadores e donos de negócios. Eles compartilharam suas visões sobre as motivações que os levaram a empreender, seus desafios e os aspectos que consideram cruciais para alcançar o sucesso. Para Maxim Rezmakhin, um dos fundadores da Thirstie, um delivery de bebidas alcoólicas, é importante contestar a viabilidade do negócio, mesmo quando ele parece promissor:

“É difícil enxergar que você pode estar errado, mas descartar essa hipótese vai só postergar a morte do seu empreendimento”

 

A ilusão do profissional multitarefa
Há tanto para fazer em um novo negócio, que é normal colocar muita pressão sobre a sua equipe. Mas mesmo profissionais que se dizem “multitarefa” podem se tornar improdutivos e perder o foco dos projetos. O artigo da empreendedora e colunista da Forbes Leah Wald, no link acima, diz que é responsabilidade do empreendedor não sobrecarregar seus colaboradores e criar um ambiente em que cada um consiga dar o melhor de si, especialmente no estágio inicial de uma startup.

 

Vender para não falir
Quando as coisas não vão bem no seu negócio, algumas medidas podem ser tomadas para que ele não fuja totalmente do seu controle. O artigo da Venture Beat, escrito por Phil Nadel, fundador de uma empresa que conecta investidores a donos de startups, apresenta algumas alternativas lucrativas para esse momento. Uma delas, por exemplo, é identificar possíveis interessados em comprar a empresa ou partes dela – como a sua tecnologia, as patentes ou seus clientes. Leia mais no link acima.

 

Programa Pense Grande
O programa da Fundação Telefônica Vivo que forma jovens empreendedores sociais está com inscrições abertas até 27 de março. Para participar, é necessário ter entre 18 e 29 anos, renda familiar de até dois salários mínimos, e residir em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Santarém, Vale do Jequitinhonha, Londrina, São José dos Campos ou Santa Rita do Sapucaí. As inscrições são pelo link acima.

Veja também:

Como funciona a Escola de Notícias, que ensina comunicação – e cidadania – para jovens da periferia

- 9 de janeiro de 2017
Acima, o conselho consultivo da Escola de Notícias, que é formado por ex-alunos e gestores.

Política mão na massa: o Vetor Brasil quer criar uma rede de transformadores na gestão pública

- 19 de janeiro de 2016
Joyce e os funcionários da Vetor Brasil, Michel, Leticia e Tâmara (foto: Kalinca Maki).

Havia um câncer no meio do caminho

- 30 de julho de 2015
Lu Ferreira: "Uma notícia terrível pode estar à espera de qualquer um de nós na próxima esquina. Só nos resta saber lidar com isso."