SPONSORS:

Seleção Draft – Um bom começo

- 3 de agosto de 2017
No começo de um negócio, é importante saber onde colocar as primeiras pecinhas (Imagem: Pixabay/Reprodução).
No começo de um negócio, é importante saber onde colocar as primeiras pecinhas (Imagem: Pixabay/Reprodução).

Um bom começo
É básico, mas é sempre bom saber como começar. No Medium, o consultor de negócios Patrick McFadden lista quatro perguntas essenciais para empreendedores novatos. A primeira é questionar quem é o seu cliente ideal (a dica é começar segmentando até construir um perfil mais detalhado). A segunda aborda o diferencial do negócio (aqui, o autor aconselha que o empreendedor repare nas palavras usadas pelos clientes para se referir ao seu produto ou serviço). A terceira e quarta estão relacionadas ao tipo de conteúdo que o consumidor busca e como a empresa pode tirar benefícios disso. Para saber mais, acesse o link acima.

 

Nem filantropia nem utopia
Também no Medium (link acima), Maure Pessanha, diretora-executiva da aceleradora Artemisia, desmistifica o conceito de negócios de impacto social. Segundo ela, não se trata de filantropia nem utopia, mas de empresas com soluções escaláveis para problemas da população de baixa renda. Assim como nos negócios tradicionais, nos de impacto social não existe fórmula para o sucesso. No entanto, ela recomenda que os empreendedores não sejam “heróis solitários”, cercando-se de uma boa equipe, e escolham um recorte do problema que buscam resolver em vez de tentarem salvar o mundo todo de uma vez.

 

Aceleração do BMG
A BMG UpTech, empresa do grupo BMG, acaba de lançar a primeira edição do seu programa de aceleração. Startups das áreas de agricultura, logística, energia e fintechs têm até o dia 18 deste mês para se inscrever (no link acima). As selecionadas receberão um aporte de até 150 mil reais, espaço em um coworking e assessoria gratuita para o desenvolvimento do projeto por cerca de dez meses.

 

Coworking Day em Curitiba
No próximo sábado (5) é comemorado Coworking Day. Para celebrar o trabalho colaborativo e a criatividade, o Google Business Group de Curitiba preparou um evento com mais de 50 especialistas apresentando palestras e bate-papos sobre inovação, social media, Bitcoin, startups, IoT, entre outros temas. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas no link acima.

Veja também:

“Não sabemos como alocar dinheiro de forma eficiente em programas e pessoas que fazem a diferença”

- 12 de outubro de 2017
Andrew Means, diretor da Beyond.uptake, virá ao Brasil para defender o uso de Big Data em organizações sociais, durante o Festival Social Good Brasil.

Ele registrou em cartório o primeiro clube de cannabis do país. E tudo começou com um coworking de advogados

- 21 de setembro de 2017
Fernando Santiago, empreendedor do ramo de coworkings, tornou-se um especialista em mercado canábico e não tem vergonha disso: "É preciso sair do armário". (foto: Luís Tajes)

O Lilo.zone é um maker space focado em arte tecnológica e, também, um manifesto da economia compartilhada

- 6 de setembro de 2017
1821 5 0
Lina Lopes conta como é estar à frente de um espaço criativo e de experimentação tecnológica, não necessariamente lucrativo, e que se sustenta pela colaboração e venda (esporádica) de projetos.