Primatas Corporativos

- 6 de fevereiro de 2017

Adriano Silva, o Executivo Sincero, publisher do Draft, fala sobre aquela situação chata quando alguém, com quem você vinha falando, simplesmente não responde mais email, não atende mais ligações, enfim, abandona a conversa no meio.

“Será que isso é um jeito de dizer que a conversa acabou? Não seria muito mais simples a pessoa, do outro lado, avisar?”, diz. E segue: “Essas são relações de poder. Responder um email significa, muito mais do que uma etiqueta, uma demonstração de autoridade”.

A verdade é uma só:

“Mesmo na nova economia, no século 21, as relações ainda se dão como se dariam num bando de primatas!”

Play para ver mais!

Veja também:

A Forebrain cresceu apesar da retração econômica. Como? Não desistindo das pessoas

- 13 de abril de 2017
Ana Carolina, da Forebrain, conta como optou por rever processos em vez de demitir pessoas: a estratégia enxugou custos e deu certo.

A Muda Mundo nasceu, morreu. Mas o fim de um negócio social não é o fim do mundo

- 20 de fevereiro de 2017
Carol, Renato e Bruna dedicaram um ano de suas vidas à Muda Mundo. O negócio não prosperou, mas eles levam lições e novos planos adiante.

De modinha a novo paradigma: como os coworkings estão mudando a forma de se trabalhar e pensar o trabalho

- 12 de janeiro de 2017
Hora da pausa no terraço da Brain, na Avenida Paulista, um coworking que oferece espaço em diversos endereços ao assinante.

“Podemos investir o que for. Não vai nos bastar. Inovação é colaboração”, diz o chefe de tecnologia da IBM

- 15 de dezembro de 2016
Luis Fernando Liguori, da IBM, conta como se inspira nas startups e aposta na colaboração para
inovar na gigante de tecnologia.