SPONSORS:

4 de abril é o Dia 4×4, o dia mundial do jipeiro. Para celebrar, conversamos com um apaixonado pela Jeep

- 4 de Abril de 2018
Roberto de Oliveira ao lado de seu carro: "Me apaixonei no test-drive"

Poucas datas conseguem unificar o calendário mundial. O dia 4 de abril é uma delas. Neste dia é internacionalmente comemorado o Jeep Day, ou dia 4×4, em referência à categoria inaugurada pela Jeep. No Brasil, o 4 de 4 é também chamado de Dia do Jipe, palavra que entrou no dicionário como sinônimo de veículo fora de estrada. Na cidade de São Paulo, por sinal, o Dia do Jipe é lei desde 2005, e desde então vem sendo marcada por encontros e eventos. Em Recife, entretanto, há um personagem especial comemorando o 4 de abril. É o médico Roberto de Oliveira. Ele é dono de um dos dez primeiros Renegades 4X4 a diesel vendidos no Brasil. O carro dele foi o primeiro a ser vendido na concessionária Fiori localizada no bairro de Afogados, no Recife, capital do estado onde o modelo é produzido.

Mas o Jeep Renegade Longitude vermelho de Roberto tem, para ele, um significado ainda mais especial. Foi seu primeiro 4×4, a realização de um sonho antigo: “Sempre quis ter um modelo com tração nas quatro rodas. E no caso do Renegade, me apaixonei assim que fiz o test-drive”, revela. A compra aconteceu em junho de 2015, mas, de tão empolgado, ele já havia feito uma pré-reserva desde a época do lançamento do modelo, meses atrás. “Lembro de ter ficado impressionado com a força do motor e a agilidade do veículo”, comenta.

Há três anos, o Renegade virou o melhor companheiro de Roberto nos seus deslocamentos cotidianos e nas suas viagens com a família. “Nos finais de semana, gosto de ir com a minha esposa para a casa de campo ou à praia. A gente valoriza muito o contato com a natureza, uma das coisas que o Jeep estimula”, diz. Os terrenos acidentados e os desafios nas estradas que ele encontra no caminho já não são mais uma fonte de preocupação. “Já pegamos terrenos acidentados e até andei na areia fofa na praia de Pina, no Rio Grande do Norte, quando levamos nossos parentes vindos da Áustria para conhecer as paisagens do litoral nordestino. Nos divertimos muito e com o Renegade foi uma tranquilidade”, lembra o médico.

Mas, além de ser um carro com capacidade off-road, o médico diz ter escolhido o modelo por sua versatilidade. “No deslocamentos pela cidade, durante a semana, preciso de um carro que seja fácil de estacionar em qualquer lugar, e também ágil. É isso que encontro no Renegade”, argumenta. Outros pontos fortes são, na opinião dele, economia e conforto. “É preciso apenas alguns segundos para reduzir a marcha e chega a fazer 18Km por litro”, considera Roberto.

Completamente apaixonado pelo seu companheiro de aventuras e convicto da sua boa escolha, Roberto não pretende mudar de carro tão cedo. “É um veículo muito bom, não penso em trocar”, diz. “Minha esposa fica de olho nele. Pede para trocar com o carro dela, mas não abro mão”, brinca. Ele adianta que próxima aventura a bordo do Renegade 4X4 já começou a ser planejada. “Estou programando uma viagem para a Chapada Diamantina”, revela.

Esta matéria pode ser encontrada no Mundo FCA, um portal para quem se interessa por tecnologia, mobilidade, sustentabilidade, lifestyle e o universo da indústria automotiva.

banner fca

Veja também: