SPONSORS:

A Artluv concecta artistas a consumidores e amantes de arte

- 22 de maio de 2019

Nome:
Artluv.

O que faz:
É uma ArtTech que conecta artistas a consumidores e amantes de arte, além de disponibilizar mentoria para os profissionais cadastrados e curadoria de arte.

Que problema resolve:
Oferece soluções para três frentes diferentes: para os artistas, os amantes da arte e o mercado artístico. No caso dos artistas, a plataforma é uma oportunidade de autonomia financeira, divulgação e profissionalização. Já para os amantes da arte, serve como uma opção de compra prática e segura pela internet. “Por fim, o setor é impactado por conta da descentralização da arte dos locais tradicionais de comercialização como as galerias. Assim, o mercado se torna cada vez mais plural e aquecido.”

O que a torna especial:
Segundo o fundador, a Artluv não se resume apenas a um marketplace, mas é uma plataforma que fomenta o mercado artístico. “A empresa foi pioneira ao lançar o projeto de mentorias artísticas. Para poder oferecer as obras no site, o artista passa por uma curadoria feita por especialistas do Brasil e EUA na qual pode ser aprovado ou não. Para aqueles que não ainda não têm o grau de maturidade profissional necessário para expor e vender com a gente, é possível agendar treinamento online.”

Modelo de negócio:
Quando a comercialização de uma obra é feita, a Artluv fica com  25% do valor.

Fundação:
Agosto de 2017.

Sócio:
Wendell Toledo — Fundador

Fundador:

Wendell Toledo — 39 anos, São Paulo (SP) — é formado em Desenho industrial pela ESPM e em Administração Financeira pela FGV. Fez especializações no ITS Rio, no Massachusetts Institute of Technology e na Harvard Business School. Além de ser CEO da Artluv, Wendell também atua como CEO e sócio da Blachere Iluminação Brasil, empresa desenvolvedora de tecnologia e design.

Como surgiu:
Wendell conta que a Artluv surgiu de uma experiência pessoal ao tentar vender um quadro do seu acervo. Para não expor a peça em redes sociais, o empreendedor buscou plataformas que comercializassem obras de arte e percebeu a escassez de opções. “A partir daí fui entender os números do setor no Brasil e no exterior. A ideia da Artluv veio da construção de insights pessoais e conversas com gente de dentro e de fora do mercado. Desenhei a primeira versão do site de madrugada e enviei para amigos que são artistas e que me apoiaram.”

Estágio atual:
A startup tem mais de 400 artistas que expõem gratuitamente (após aprovação da curadoria), mais de 2,5 milhões de reais em obras de arte cadastradas, com 23 escolas de arte e inúmeros museus na plataforma.

Aceleração:
Busca aceleração.

Investimento recebido:
Os sócio investiu 300 mil reais na empresa.

Necessidade de investimento:
No momento, o empreendedor não busca um aporte.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de arte, outrora elitista e fechado, se mostra cada vez mais plural, dinâmico e acessível. Tal abertura beneficia o ecossistema como um todo, desde o artista que encontra novas oportunidades até a descentralização da arte, que a torna mais democrática”, diz Wendell. Ele aponta ferramentas internacionais que oferecem serviços semelhantes como a Artsy e a SaatchiArt e algumas soluções brasileiras: UrbanArts e Democrart.

Maiores desafios:
“Educar o mercado como um todo. Trata-se de um ecossistema distante da realidade atual dos artistas e compradores. O consumidor também precisa ser reeducado, pois há um estigma que arte é apenas para alguns poucos eleitos.”

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Primeiro semestre de 2020.

Visão de futuro:
“Ajudar um milhão de artistas a viverem da própria arte. Como uma empresa de tecnologia, buscamos crescer exponencialmente e ampliar a plataforma para o mercado global”, afirma Wendell.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

483 Total Views 4 Views Today