SPONSORS:

A CapRate é uma plataforma de peer-to-peer lending para o mercado imobiliário

- 8 de abril de 2019

Nome:
CapRate.

O que faz:
É uma plataforma de peer-to-peer lending para o mercado imobiliário, ajudando conectar investidores em busca de altas rentabilidades a construtoras e incorporadoras que captam  recursos para o desenvolvimento de projetos.

Que problema resolve:
Busca auxiliar pessoas interessadas em investir no mercado imobiliário. Segundo os fundadores, a forma mais tradicional de investimento neste setor é a compra de um imóvel na planta para a posterior venda com lucro ou a geração de renda por aluguel. “Entretanto, os maiores lucros do mercado imobiliário estão na etapa de desenvolvimento do imóvel, ou seja, na incorporação. Porém, investir nesta etapa sempre foi restrito a poucos. Na forma tradicional de investimento, na maioria dos casos, a cota mínima supera 1 milhão de reais. Com a lógica do peer-to-peer lending, é possível investir a partir de mil reais”, dizem.

O que a torna especial:
Ainda de acordo com os fundadores, o negócio é a primeira plataforma de peer-to-peer lending para o mercado imobiliário do Brasil, desenvolvendo projetos personalizados para incorporadoras e permitindo que cada uma monte uma base de investidores próprios. A empresa também se responsabiliza por todos os trâmites técnicos, regulatórios, de operação da plataforma e de relacionamento com os investidores.

Modelo de negócio:
Cada incorporador paga uma taxa de setup da plataforma e um percentual sobre o volume captado.

Fundação:
Dezembro de 2018.

Sócios:
Paulo Deitos CEO
Guilherme Enck — COO

Perfil dos fundadores:

Paulo Deitos — 36 anos, Porto Alegre (RS)  é formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Fundou a Empreenda.vc, URBE.ME e Nemein. É diretor da ABFintechs e VP da Alianza Iberoamericana de Fintechs. Além da CapRate, é cofundador da CapTable.

Guilherme Enck  26 anos, Porto Alegre (RS) é formado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e certificado em Engineering Management pela Loughborough University (Reino Unido). Trabalhou na Magnolia Partners – Boutique de M&A. Além da CapRate, é cofundador da CapTable.

Como surgiu:
Paulo conta que foi pioneiro no Brasil no mercado de investimentos imobiliários através da internet com a plataforma URBE.ME. Ele diz que fez o seu exit nesta empresa, se unindo a Guilherme para fundar a CapTable, plataforma de investimentos em startups; e a CapRate, utilizando o formato do peer-to-peer lending.

Estágio atual:
O primeiro cliente da startup foi a Vitacon. Hoje, a plataforma possui mais de 3 mil usuários.

Aceleração:
Está em busca de aceleração.

Investimento recebido:
Os sócios investiram 150 mil reais de recursos próprios no negócio.

Necessidade de investimento:
Não buscam investimento por enquanto.

Mercado e concorrentes:
“O mercado imobiliário é gigantesco e os investimentos neste setor também. Existem oportunidades de crescimento quase infinitas neste modelo e o formato de peer-to-peer lending deve ser utilizado de forma cada vez mais abrangente”, diz Paulo. Existem plataformas com serviços semelhantes como a própria URBE.ME, já citada.

Maiores desafios:
“As taxas devem ser atrativas tanto para quem paga (incorporadora) quanto para quem oferta o capital (investidor). A dificuldade muitas vezes é que a taxa que é atrativa para o investidor se torna cara para a incorporadora quando comparada às taxas subsidiadas dos empréstimos imobiliários”, conta o CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Já foi atingido ao conquistar o primeiro cliente, em dezembro de 2018.

Visão de futuro:
“Queremos nos tornar a principal referência de investimentos no mercado imobiliário, fornecendo capital para os grandes projetos que movem a economia do país. Enxergamos a CapRate como um portal de investimentos de alta rentabilidade, ao mesmo tempo que contribui para baixar o custo de capital elevado, que é o padrão no nosso país, por meio da eliminação dos intermediários do sistema financeiro”, afirma Paulo.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

1841 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Como a Biva facilita o crédito a pequenos empresários, eliminando intermediários entre credores e investidores

- 10 de outubro de 2017
O time atual da Biva formado após a reestruturação feita para salvar o negócio.