SPONSORS:

A DotPet é uma plataforma que conecta tutores de animais a prestadores de serviços da área

- 15 de março de 2019

Nome:
DotPet.

O que faz:
É um marketplace de produtos e serviços para pets.

Que problema resolve:
Busca facilitar a vida dos tutores, oferecendo ração, veterinário, banho & tosa e acessórios em um só lugar. Além disso, auxilia os pequenos pet shops a se inserirem no mundo online e conquistarem mais clientes.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, a plataforma realiza a entrega dos produtos em até dua horas e faz a comparação dos melhores preços em diferentes pet shops. Para os serviços, oferece a opção de realização em domicílio ou com “leva e traz”.

Modelo de negócio:
O negócio cobra uma taxa de 9,99% por transação, seja na compra de produtos ou na contratação de serviços.

Fundação:
Agosto de 2017.

Sócios:
Rabih Hanna – CEO
Lara Torrezan – COO
Elisa Carvalho – CMO
Vitor Barros – CTO

Perfil dos fundadores:

Rabih Hanna — 40 anos, Beirute (Líbano) — é formado em Administração, Marketing e Finanças pelo Centre Supérieur d’Études Commerciales Lebanon e tem MBA em Management, Marketing and Related Support Services pela Escola Superior Aberta. Está no Brasil desde 2002. É cofundador da Vonex Telecom.

Lara Torrezan — 33 anos, Marília (SP)  é formada em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Norte do Paraná, em Zootecnia pela Universidade Estadual de Londrina e tem MBA em Gestão de Negócios pela USP. Trabalhou em empresas como Premier, Mundo Animal e Biovet.

Como surgiu:
Diante de algumas dificuldades para cuidar do seu próprio cachorro, como pegar trânsito para o deslocamento até um pet shop, viagens perdidas a um local que não tinha o que ele procurava, pagar estacionamentos, enfrentar filas para comprar uma simples ração, além do desafio de encontrar agendas livres de serviços como banho e tosa e atendimento veterinário, Rabih conta que aproveitou sua bagagem no ramo tecnológico e decidiu criar um modelo de plataforma que atendesse as necessidades de donos de pets que “vivem, como ele, a chamada vida moderna, em que tempo livre é cada vez mais raro”.

Estágio atual:
A DotPet te um escritório na Avenida Paulista, em São Paulo, conta com mais de 7 500 clientes cadastrados e cerca de 18 000 visitas por mês, além de mais de 1 800 fornecedores.

Aceleração:
Está em busca de aceleração.

Investimento recebido:
Os sócios investiram 1 milhão de reais no negócio.

Necessidade de investimento:
Os fundadores querem captar 500 mil reais para investir em marketing e em custos operacionais (equipe e tecnologia).

Mercado e concorrentes:
“Acreditamos que o mercado pet é bastante promissor e está em constante ascensão devido à importância que cães e gatos vêm tomando na vida de seus tutores, sendo cada vez mais considerados membros da família. Atualmente há mais cachorros do que crianças nos lares. Soma-se a isso a evolução digital, com o fortalecimento dos marketplaces, e-commerces etc”, diz Lara. Ela aponta como concorrentes indiretos o Petlove e o Petz.

Maiores desafios:
“O mercado pet é hoje o terceiro no PIB nacional, inclusive à frente da linha branca de eletrodomésticos. No entanto, em termos de tecnologia, ele ainda está muito atrasado, sobretudo o pequeno e médio empreendimento. Por isso, nosso maior desafio agora é profissionalizar ao trazer esse público ao mundo digital. Entendemos que os consumidores já estão prontos e dispostos a ter essa nova experiência de compra”, fala a COO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Novembro de 2019.

Visão de futuro:
“Estamos trabalhando para desenvolver uma solução 360 para o ecossistema do mundo pet, beneficiando tutores, pet shops e profissionais do setor. A ideia é que todos os envolvidos possam resolver tudo que imaginarem em um só lugar e que a DotPet seja reconhecida como a empresa de tecnologia do mundo pet”, afirma Lara.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Como fazer os gatos tomarem mais água? Ela criou uma fonte que atrai os felinos e fundou a CatMyPet

- 12 de fevereiro de 2019

Fazer móveis exclusivamente para pets é a aposta da Beijo de Focinho

- 29 de setembro de 2017
Silvia e Sandra criaram a Beijo de Focinho com foco no mercado de alta decoração.