SPONSORS:

A Festejo in Box cria caixas de decoração personalizadas para festas de aniversário infantis

- 22 de março de 2019

Nome:
Festejo in Box.

O que faz:
Entrega um box personalizado com itens reutilizáveis para festas de aniversário infantis.

Que problema resolve:
Buscar ajudar famílias que queiram comemorar o aniversário dos filhos de “maneira simples, original e criativa”. Com o box é possível realizar a festa em casa, no salão do prédio ou mesmo em uma praça.

O que a torna especial:
Os itens utilizados no box são sustentáveis. Em formato de caixa de papelão, foram pensados em três modelos de box (easy, show e special), que possibilita à família ou ao aniversariante escolher o tema desejado. A entrega é feita através de transportadora por todo Brasil e também enviada ao exterior paras famílias brasileiras que residem fora do país e optam pela decoração da empresa.

Modelo de negócio:
A Festejo in Box cobra de 650 a 1.200 reais pelos seus kits.

Fundação:
Agosto de 2015.

Sócia:
Soraya Ianella CapellaFundadora

Perfil da fundadora:

Soraya Ianella Capella — 43 anos, São Paulo é formada em Design e pós-graduada em História da Arte pela Casa Lann Mexico. É professora de Arte e ceramista em ateliê próprio.

Como surgiu:
Soraya conta que A Festejo começou porque era um sonho empreender para poder estar perto do filho e vê-lo crescer de perto. “Quando meu filho Davi nasceu queria voltar ao mercado de trabalho, mas questionei a rotina muito ausente de casa. Foi aí que surgiu a ideia de criar um modelo de negócio que me permitisse estar mais presente. Depois de muita pesquisa no ramo de festinhas, surgiu a Festejo in Box”, diz. A empreendedora ainda fala que queria fazer um resgate das festinhas “com mais significado e afeto, com uma proposta de valor ligada aos primeiros anos de vida, além de contar com custo-benefício acessível e preocupação com a sustentabilidade”.

Estágio atual:
A empresa atendeu mais de 200 clientes desde o início da operação, conta com um ateliê próprio para a produção das caixas e três funcionários que prestam serviços sem vínculo empregatício.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
A fundadora investiu 20 mil reais de recursos próprios no negócio.

Necessidade de investimento:
Não busca investimento no momento.

Mercado e concorrentes:
“O ramo de festinhas infantis é um mercado bastante competitivo. Destacam-se aqueles que oferecem serviços diferenciados e com algum impacto social. Uma vez acertado o público, fica mais fácil viralizar o produto”, afirma Soraya. Ela cita como concorrente indireto a Festa de Brincar.

Maiores desafios:
“Nosso desafio será sempre criar novos modelos e itens que acompanhem esse formato de comemoração no qual acreditamos”, conta a empreendedora.

Faturamento:
70 mil reais (em 2018).

Previsão de break-even:
Foi atingido em 2017.

Visão de futuro:
“A Festejo ainda é uma empresa bastante jovem, acreditamos que seu crescimento se mantenha por muitos anos, pois temos projetos para novos modelos de boxes, buscando novos públicos, não apenas as festinhas infantis. Um e-commerce com produtos ligados às festinhas infantis e produtos destinados a esse mesmo publico será uma tarefa ainda para 2019”, fala Soraya.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

“Alimentamos animais com plantas para obter ovos, leite e carne. Por que não tirar o animal da equação?”

- 18 de abril de 2019

Com calçados veganos artesanais, a Urban Flowers propõe um olhar mais justo para a cadeia de produção

- 8 de abril de 2019

Pioneira em plantas fotovoltaicas de grande porte, a GD Solar atrai empresas de olho em energia sustentável

- 1 de abril de 2019

Produzida com ingredientes naturais e orgânicos, a Favo Bioembalagem é uma alternativa ao plástico filme

- 25 de março de 2019