SPONSORS:

A Game Nacional ajuda desenvolvedores a lançarem seus jogos

- 21 de agosto de 2017

Nome:
Game Nacional

O que faz:
É uma plataforma para apoiar projetos de desenvolvedores de games independentes.

Que problema resolve:
Oferece divulgação, captação de investimento, tradução e relacionamento com a imprensa.

O que a torna especial:
Segundo o fundador, é a primeira plataforma que atua na promoção dos trabalhos de desenvolvedores, ajudando a impulsionar o cenário de jogos nacionais e permitindo que os profissionais se concentrem na criação enquanto a startup cuida dos detalhes extra-produção.

Modelo de negócio:
A startup ganha uma porcentagem da venda do game para outra empresa ou usuário final.

Fundação:
Setembro de 2016.

Sócio:
Adriano Reis — Fundador

Perfil dos fundadores:

Adriano Reis —  32 anos, São Lourenço (MG) — o empreendedor autodidata é  sócio da e-Solus, empresa de desenvolvimento de aplicativos.

Como surgiu:
O fundador, Adriano, conta que notou a falta de apoio nos talentos nacionais e em seus projetos. “Senti que muitas vezes eles precisavam de um empurrão para que seus sonhos não morressem”, diz.

Estágio atual:
A Game Nacional apoia sete jogos no momento e já obteve investimento para três deles.

Aceleração:
A empresa não recebeu aceleração.

Investimento recebido:
O empreendedor investiu 100 mil reais (de economias próprias) no negócio.

Necessidade de investimento:
A Game Nacional busca investidores interessados em aportar entre 5 mil a 250 mil em cada projeto.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de games é maior que o mercado do cinema. Lucrou 99 bilhões de dólares em 2016 e promete crescer cerca de 10% este ano”, afirma Adriano, que não vê concorrentes para o seu negócio.

Maiores desafios:
“Conseguir mais investimentos paralevar os games para o Xbox e Playstation, além do mercado mundial”, diz o fundador.

Faturamento:
200 mil reais em 2016.

Previsão de break-even:
Primeiro semestre de 2018.

Visão de futuro:
“Queremos crescer cinco vezes em dois anos, apoiando mais projetos nacionais com um aporte maior”, diz Fernando.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

Como a Hive aposta em tecnologia, em vez de “insights” criativos, para fazer o marketing funcionar

- 26 de outubro de 2017
7480 6 0
Mitikazu Lisboa, o Miti, fala sobre as dificuldades de tentar estar sempre à frente do mercado e conta como sua desenvolvedora de games virou uma agência que é referência em marketing digital.

A PlayMove poderia ter estagnado, mas diversificou sua forma de vender e redescobriu seu potencial

- 27 de abril de 2017
3262 0 0

Crescendo muito rápido, a Cupcake quer dominar o mercado de games no Brasil. E no mundo

- 28 de março de 2017
7154 5 0