SPONSORS:

A GastroBox é um clube de assinaturas de receitas saudáveis e já porcionadas

- 11 de dezembro de 2017

Nome:
GastroBox – Seu Ajudante de Cozinha Pessoal.

O que faz:
É um clube de assinaturas com receitas e kits de alimentos pré-preparados.

Que problema resolve:
O negócio quer reduzir o tempo que os clientes gastam na preparação de uma receita e garantir uma alimentação mais saudável.

O que a torna especial:
A startup busca promover o consumo sustentável e evitar o desperdício, usando ingredientes orgânicos fornecidos por pequenos produtores e quantidades previamente calculadas por um software.

Modelo de negócio:
A GastroBox tem três planos de assinatura, que variam de 80 a 240 reais por mês, dependendo do número de receitas e rendimento das porções.

Fundação:
Junho de 2016.

Sócios:
Diego Rhoger — CEO
Patrick Blanc —  CMO
Miguel Gutierrez — CTO

Perfil dos fundadores:

Diego Rhoger — 34 anos, Brasília (DF) — é formado em Direito pelo Centro Universitário do Distrito Federal e Gastronomia pelo Instituto Superior de Brasília. Trabalhou no restaurante Lá no São Jorge e fundou a Academia Gastronômica.

Patrick Blanc — 32 anos, Marselha (França) — é formado em Cinema pela Université de Provence. Trabalha na Disney Pictures Paris.

Miguel Gutierrez — 32 anos, Bogotá (Colômbia) — é formado em Engenharia Biomédica pela Universidade Antonio Nariño. Trabalhou na Universidade de Brasília e no LabCert.

Como surgiu:
Pouco antes de perder o pai, que tinha diabetes, Diego começou a fazer o curso de Gastronomia. O objetivo era mudar os próprios hábitos alimentares, pois também enfrentava problemas e tinha sido diagnosticado com pré-diabetes. Depois que aprendeu a cozinhar, ele conta que perdeu 20 kg e estabilizou suas taxas sanguíneas. A partir dessa experiência, concebeu a ideia da GastroBox.

Estágio atual:
A Gastrobox possui capacidade para produzir até 4 mil kits por mês, mas ainda está em fase beta testando o serviço com usuários privados.

Aceleração:
Os sócios estão participando dos programas de aceleração da Startup Farm e da InovAtiva Brasil.

Investimento recebido:
Os empreendedores investiram 50 mil reais de recursos próprios.

Necessidade de investimento:
A startup estuda realizar uma primeira rodada de investimentos no ano que vem.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de kits de assinatura de alimentos é recente e criou uma nova categoria dentro da área de alimentação. Só nos últimos dois anos, este setor cresceu de 1,5 bilhão para 5 bilhões de dólares nos Estados Unidos”, diz Diego. Ele aponta como único concorrente nacional o ChefTime. Fora do Brasil, indica o BlueApron, o Hello Fresh e o Plated.

Maiores desafios:
“Nossa maior dificuldade hoje é encontrar um canal de aquisição de clientes a um custo acessível e escalável, bem como reduzir custos indiretos operacionais e de logística”, conta o CEO.

Faturamento:
Ainda não fatura.

Previsão de break-even:
Junho 2018.

Visão de futuro:
“Queremos liderar o movimento de IoT e AI na gastronomia, entregando como resultado para a sociedade uma alimentação melhor e mais saudável, aumentando a frequência com que as pessoas cozinham por prazer, reduzindo o desperdício de alimentos e o consumo de industrializados, conservantes químicos e agrotóxicos”, afirma Diego.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para [email protected] e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

3057 Total Views 3 Views Today
Veja também:

O Destemperados profissionalizou a gestão, cresceu e planeja expandir, mesmo permanecendo “bairrista”

- 27 de junho de 2019

A alergia alimentar da filha foi o ponto de partida para Carla Maia montar a Escola de Cozinha Inclusiva

- 18 de junho de 2019