SPONSORS:

A Gupy busca automatizar o recrutamento e a seleção de candidatos para empresas

- 26 de Janeiro de 2018

Nome:
Gupy.

O que faz:
Automatiza o recrutamento e a seleção de candidatos para as empresas.

Que problema resolve:
A startup busca simplificar o processo de contratação (muitas vezes ainda feito de forma manual) com o uso de tecnologias, como AI e machine learning, capazes de detectar o perfil do candidato ideal.

O que a torna especial:
De acordo com os fundadores, a ferramenta reduz, em média, 50% do tempo de abertura e fechamento de uma vaga e 80% do esforço operacional necessário para a seleção, além de diminuir o turnover.

Modelo de negócio:
A Gupy é um SaaS e cobra uma mensalidade mínima de 900 reais pelo uso ilimitado da ferramenta. O preço varia de acordo com o número de funcionários e a quantidade de vagas abertas por mês na empresa.

Fundação:
Outubro de 2015.

Sócios:
Mariana Dias — CEO
Bruna Guimarães — COO
Robson Ventura — CTO
Guilherme Dias — CMO

Perfil dos fundadores:

Mariana Dias — 30 anos, São Paulo (SP) — é formada em Administração pela USP e tem especialização em Empreendedorismo e Inovação por Stanford. Trabalhou na Ambev.

Bruna Guimarães — 33 anos, Rio de Janeiro (RJ) — é formada em Administração de Empresas pela UFRRJ, com MBA Executivo pela Coppead UFRJ. Trabalhou na Ambev.

Robson Ventura — 29 anos, Barra Mansa (RJ) — é formado em Ciência da Computação pelo Centro Universitário de Barra Mansa. Trabalhou na Globo.com e no Hotel Urbano.

Guilherme Dias — 26 anos, São Paulo (SP) — é formado em Engenharia Química pela USP. Foi sócio da EloGroup.

Como surgiu:
Em 2014, quando trabalhava na Ambev e vivenciava as dificuldades do recrutamento, Mariana teve a ideia de criar um sistema que simplificasse esse processo. No ano seguinte, ela e os sócios decidiram participar de feiras de recrutamento no Estado de São Paulo, oferecendo uma parceria na qual alunos realizavam um teste de perfil para encontrar as empresas com maior compatibilidade. Com isso, os fundadores conseguiram entrar em contato direto com o RH de mais de 100 empresas, entender melhor o mercado, validar hipóteses e adquirir seus primeiros clientes.

Estágio atual:
A startup possui 23 colaboradores e dois escritórios: um em Volta Redonda (RJ) e outro em São Paulo. Já realizou mais de 200 mil “matchs” entre candidatos e vagas.

Aceleração:
A Gupy foi acelerada pela Wayra (em 2016).

Investimento recebido:
Os empreendedores receberam cerca de 1,5 milhão de reais da aceleradora e dos fundos de investimento Canary e Yellow Ventures.

Necessidade de investimento:
Os sócios estão abertos a novas rodadas.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de recrutamento é um dos maiores do mundo e movimenta 10 bilhões de dólares no Brasil. Ao mesmo tempo, estima-se que somente 5% das empresas brasileiras utilizam ferramentas online nesse processo”, diz Mariana. Ela aponta como concorrentes consultorias de recrutamento e seleção. Existem plataformas com propostas semelhantes, como o Talentoso e a Taqe.

Maiores desafios:
“Escalar processo de growth, aprimorar as funcionalidades e inteligência do produto, além gestão e desenvolvimento do time em crescimento”, conta a CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
A startup chegou perto de alcançar o break-even diversas vezes em 2017, mas em todas elas optou por realizar mais investimentos para acelerar o crescimento.

Visão de futuro:
“Finalmente o recrutamento deixará de ser uma experiência negativa para os envolvidos, para ser algo fácil de ser executado e prazeroso para gestores e candidatos”, diz Mariana.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

Na corrida pela inovação em RH, a Matchbox se inspira no marketing digital para atrair trainees

- 28 de Março de 2018

Como um programa interno fez dobrar a quantidade de líderes mulheres na 3M

- 14 de Março de 2018
Camila Cruz Durlacher, da 3M do Brasil, lidera o fórum que oferece mentoria e prepara mulheres para assumirem cargos de comando na empresa.

“Como deixei de ser a ‘Claudia do RH’ para me transformar em outra pessoa: eu mesma”

- 9 de Fevereiro de 2018

Trago candidato qualificado! Ou como a Taqe facilita o processo de contratação usando jogos online

- 11 de Janeiro de 2018
Renato Dias esta à frente da startup, que usa inteligência artificial para qualificar jovens de baixa renda como forma de adequá-los ao mercado de trabalho.