SPONSORS:

A linkfor conecta empresas a universitários da área de tecnologia

- 30 de janeiro de 2019

Nome:
linkfor.

O que faz:
É uma plataforma que conecta empresas a universitários da área de tecnologia para realizar projetos de forma remota.

Que problema resolve:
Para os estudante, é uma forma de ganharem experiência profissional. Para as empresas é uma forma de testarem o serviço de possíveis estagiários ou empregados.

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, a startup coloca os universitários que utilizam a plataforma no radar de grandes empresas que estão oferecendo vagas de estágio e emprego.

Modelo de negócio:
A linkfor fica com uma taxa de 30% do valor total do projeto, que é dividido entre profissional e cliente.

Fundação:
Fevereiro de 2018.

Sócios:
Lucas Soares — Fundador
Osmir Mariano — Cofundador
Ana Paula Matos — Cofundadora
Adrianne Alves — Desenvolvedora
Lucas Porta — Designer Gráfico

Perfil dos fundadores:

Lucas Soares — 21 anos, São Paulo (SP) é formado em Engenharia de Produção pela UnB, com MBA em Gestão de Negócios pela USP. Fundou a agência digital Flotd.

Osmir Mariano — 28 anos, Barra do Corda (MA) é formado em Ciência da Computação e mestrando em Ciência de Dados pela UFT. Trabalhou na DIX BPO.

Ana Paula Matos — 23 anos, Barra do Corda (MA) é formada em Engenharia Eletrônica pela UnB. Trabalhou na Zenit Aerospace.

Como surgiu:
Lucas conta que a ideia surgiu quando perceberam a dificuldade em conseguir trabalho de muitos estudantes da área por conta do horário da faculdade. “Resolvemos unir a possibilidade de ganhar dinheiro em horário flexível com a chance de ser observado por grandes empresas do setor e por organizações que estão no início da sua jornada e podem contratar bons profissionais de forma remota e por um preço muito mais em conta”. A validação da plataforma contou com a visita a mais de 100 empresas para entender o comportamento de compra.

Estágio atual:
A linkfor conta com 300 profissionais cadastrados na plataforma e acabou de ser pré-acelerada pelo Instituto Assis Chateaubriand.

Aceleração:
Está em busca de aceleração.

Investimento recebido:
O único investimento, de acordo com os sócios, foi de 450 reais com um plano anual de hospedagem e registro de domínio do site.

Necessidade de investimento:
Os sócios querem captar 50 mil reais para acelerar os processos e tornar todos os membros da equipe full time.

Mercado e concorrentes:
Segundo Lucas, os concorrentes são profissionais autônomos da área e agências.

Maiores desafios:
“O maior desafio hoje é dividir nosso tempo com outros projetos, além da startup, para conseguirmos nos sustentar financeiramente”, diz o fundador.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Setembro de 2019.

Visão de futuro:
“Nossa missão é nos tornarmos uma plataforma na qual o universitário obtenha uma renda constante com seus projetos e  ainda consiga um estágio ou seja contratado de acordo com o seu desempenho. Também queremos oferecer às universidades relatórios detalhados sobre os seus alunos, seus desempenhos em projetos reais e a melhoria das habilidades, segundo as exigências do mercado”, conta Lucas.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Conheça o ex-lutador de MMA que criou uma startup milionária, especializada em integração: a LinkApi

- 13 de fevereiro de 2019
262 15 0

“A Campus Party não é só um mar de barracas. Tem muito conteúdo de qualidade para executivos”

- 7 de fevereiro de 2019
297 15 4