SPONSORS:

A Nearbee oferece soluções de segurança com o auxílio da colaboração em rede

- 13 de setembro de 2017

Nome:
Nearbee.

O que faz:
A startup desenvolve soluções de segurança colaborativa.

Que problema resolve:
A empresa utiliza a tecnologia disponível em smartphones para tentar aumentar a segurança dos usuários. Um de seus apps permite que, em uma situação de risco, seja possível enviar dados da localização, ficha médica e um áudio de 15 segundos para amigos, familiares, autoridades e outras pessoas que estão próximas e utilizam o sistema.

O que a torna especial:
A Nearbee estimula a formação de uma rede de ajuda colaborativa e a inclusão social por meio de iniciativas de segurança para surdos e mudos que, segundos os sócios, hoje são excluídos dos serviços públicos de socorro.

Modelo de negócio:
A Nearbee lucra com a venda de suas soluções para pessoas físicas (com um app no modelo freemium), empresas de monitoramento eletrônico e governos.

Fundação:
Fevereiro de 2014.

Sócio:
Felipe Fontes — CEO
Marcello Marabita — CTO
Grupo de investidores-anjos Seal Telecom

Perfil dos fundadores:

Felipe Fontes — 32 anos, Belo Horizonte (BH) — é formado em Administração pela UFMG. Trabalhou em empresas como Itaú, Azul, Oi e GE.

Marcello Marabita— 29 anos, Campinas (SP) — é pós-graduado em Ciência da Computação pela PUC. É sócio da empresa de softwares MBLABS.

Como surgiu:
A motivação dos fundadores foi o alto volume de casos de violência contra a mulher, em 2014, na região da Unicamp, em Campinas (SP). Eles perceberam que a colaboração em rede poderia fazer a diferença nesses casos e a ideia de criar uma solução que permitisse o uso do smartphone para proteger as pessoas foi amadurecendo, até o primeiro app ser lançado, em abril de 2016.

Estágio atual:
Mais de 20 mil pessoas utilizam o app da startup de forma gratuita pelo modelo freemium e quatro empresas são parceiras da startup. Já as soluções governamentais são usadas pelas cidades do Rio de Janeiro e Campinas e, até o final do ano, mais cinco cidades devem aderir ao recurso.

Aceleração:
A Nearbee foi pré-acelerada pela Baita (2015) e pela Liga Ventures (2016).

Investimento recebido:
Os sócios receberam 300 mil reais de investidores-anjos e 500 mil de investidores corporativos.

Necessidade de investimento:
Os empreendedores estão se organizando para uma nova rodada na qual pretendem capitar 1,5 milhão de reais para a expansão do negócio.

Mercado e concorrentes:
Os fundadores apontam como principais concorrentes desenvolvedoras de softwares que atendem a projetos personalizados.

Maiores desafios:
“A quebra de paradigmas das autoridades governamentais e a criação do desejo de consumo de produtos inovadores no varejo, principalmente em períodos de crise”, diz Felipe.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Já foi atingido em julho deste ano.

Visão de futuro:
“Vemos a Nearbee como uma integradora de soluções IoT para proteção, desenvolvendo linhas de produtos físicos próprios e sendo fornecedor de tecnologias para grandes empresas do segmento. Trabalhamos para que a rede social continue a crescer e mude a forma como nos relacionamos com pessoas que não conhecemos, com mais empatia e solidariedade”, afirma o CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para [email protected] e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

Stattus4, ou como este casal inventou um “ouvido biônico” para detectar vazamento de água

- 19 de dezembro de 2017
Parece um microfone, mas não é: Antonio Oliveira e Marília Lara mostram a solução inovadora da Stattus4, que usa inteligência artificial e otimiza a detecção de vazamentos de água.