SPONSORS:

A NEWCORE conecta corretores independentes a interessados em comprar um imóvel

- 26 de setembro de 2019

Nome:
NEWCORE.

O que faz:
É um app que conecta corretores independentes a interessados em comprar um imóvel.

Que problema resolve:
Para o profissional, ajuda o corretor a se tornar especialista em uma região (distrito) e fornece treinamento. Para os clientes, anuncia todos os seus imóveis sem custo.

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, a plataforma tem um número limitado de licenças de uso por distrito de acordo com um algoritmo que analisa a oferta e a demanda.

Modelo de negócio:
Os corretores pagam uma remuneração fixa à Newcore por venda realizada, conforme as faixas de valor do negócio, que vai de R$ 2 mil para imóveis de R$ 100 a R$ 199 mil até R$ 53 mil, para imóveis a partir de R$ 4 milhões. Ao todo são 15 faixas de referência que podem ser conferidas neste link.

Fundação:
Julho de 2017.

Sócios:
Luiz Moraes — CEO
Arthur Nasser — COO
Caio Mario — Cofundador
Finvest Finanças e Investimentos S.A. — Investidor
TED Investimentos e Participações Ltda — Investidor

Fundadores:

Luiz Moraes — 42 anos, Garça (SP) — foi Head de Tecnologia da Lopes.

Arthur Nasser — 35 anos, São Paulo (SP) — é mestre em Economia. Participou da criação da Rede Lopes de Imóveis Prontos.

Caio Mario — 54 anos, Salvador (BA) — possui MBA pela Duke University e pós graduação em Business, Management and Marketing pela Harvard University. Fundou a Maber e a WebForce Networks.

Como surgiu:
Segundo Luiz, a criação da Newcore partiu da identificação do descontentamento do corretor em um modelo de negócios defasado no qual ele como principal ator da transação é pouco valorizado. “Validamos o modelo em dois distritos, onde cada um deles tinha um número limitado de usuários e ambos focados em seu perímetro.”

Estágio atual:
O negócio possui cerca de 2 mil corretores ativos e 30 mil imóveis cadastrados.

Aceleração:
Estão em busca.

Investimento recebido:
A empresa recebeu R$ 5 milhões de dois investidores: Finvest Finanças e Investimentos S.A. e TED Investimentos e Participações Ltda.

Necessidade de investimento:
“No momento a Newcore está se estruturando para um processo de fundraising. Passada a fase do “Angel Money”, que foi usado para validar o MVP (Minimum Viable Product), a empresa precisa agora de novos recursos para viabilizar uma fase de expansão mais acelerada. Estimamos aproximadamente R$ 5 milhões, boa parte destinados a investimento maciço em marketing”, diz Luiz.

Mercado e concorrentes:
“O mercado imobiliário brasileiro mostra sinais claros e consistentes de crescimento. As vendas e os lançamentos de imóveis devem crescer entre 10% e 15% em 2019, segundo estimativa feita pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção, em junho deste ano. Demanda reprimida, queda de juros e condições mais flexíveis no crédito imobiliário são as bases para este crescimento.” De acordo com o CEO, as imobiliárias tradicionais nas grandes capitais são os concorrentes diretos.

Maiores desafios:
“Acelerar o processo de formação e conclusão dos distritos nas principais cidades do país dentro do plano previsto de crescimento da empresa, além de constituir um grupo seleto de corretores, fidelizados ao modelo de negócio, utilizando para isto os corretores ‘Embaixadores'”, conta Luiz.

Faturamento:
R$ 736 mil (1º semestre de 2019).

Previsão de break-even:
Novembro de 2019.

Visão de futuro:
“Ser a maior rede de corretores independentes do Brasil, inovadora e sustentável, criando oportunidades de negócio e valor, através do modelo de distrito – corretor atua na região onde é especialista com anúncios direcionados adequadamente.”

Onde encontrar:
Site
Contato

1205 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Contratação de startups, joint venture, codesenvolvimento de tecnologia: assim, a Cyrela inova

- 30 de agosto de 2018