SPONSORS:

A Psicologia Viva é uma plataforma que oferece sessões de psicoterapia online

- 23 de outubro de 2017

Nome:
Psicologia Viva.

O que faz:
É uma plataforma que conecta psicólogos com pacientes para atendimento online.

Que problema resolve:
Segundo os sócios, o negócio possibilita a realização de psicoterapia de qualquer lugar do mundo e a um custo acessível.

O que a torna especial:
Além de sessões tradicionais de terapia, a startup oferece um serviço de desenvolvimento de competências comportamentais para médias e grandes empresas.

Modelo de negócio
A empresa cobra uma assinatura que varia de 49 a 149 reais, dependendo do plano, e também lucra com projetos corporativos.

Fundação:
Julho de 2015.

Sócios:
Bráulio Bonoto — CEO
Fabiano Carrijo — CTO
Paulo Justino — Advisor

Perfil dos fundadores:

Bráulio Bonoto — 32 anos, Conselheiro Lafaiete (MG) — é mestre em Saúde Pública com foco em Telessaúde pela UFMG. Fundou outras duas startups, a e-Consultar e a Fármako.

Fabiano Carrijo — 30 anos, Uberlândia (MG)  é pós- graduado em Engenharia de Software, com MBA em Gestão de Projetos pelo Instituto de Educação Tecnológica (BH). Trabalhou em empresas como A&C, Powerlogic e Cast Group.

Paulo Justino — 49 anos, Uberlândia (MG) é formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Uberlândia e Administração de Marketing pela Estácio de Sá. Lançou dois softwares: o Doctor Work para a área de consultórios médicos e o PowerCity para gestão de prefeituras e órgãos públicos. Atuou como consultor nos processo de reestruturação organizacional das prefeituras de Uberlândia e Uberaba. É o CEO da FCJ Participações S.A.

Como surgiu:
Quando realizava seu mestrado na área de saúde, Bráulio encontrou diversos estudos comprovando a eficácia da terapia online. Pesquisou o mercado e sentiu falta nos sites com essa proposta de funcionalidades para o agendamento e pagamento das sessões. Após conhecer os sócios e elaborarem juntos um projeto, lançaram a plataforma depois de dois meses de desenvolvimento.

Estágio atual:
A Psicologia Viva conta com 1 700 psicólogos cadastrados, mais de 2 800 pacientes registrados e 1 000 terapias realizadas em todo o Brasil e outros países.

Aceleração:
O negócio foi acelerado pelo Seed (2016) e, este ano, participou dos programas Fiemg, Startup Chile e Oxigênio.

Investimento recebido:
A startup recebeu dois aportes externos, totalizando 250 mil reais.

Necessidade de investimento:
Os sócios buscam investimento de 1 milhão de reais para manter a operação por 18 meses no Brasil e na América Latina.

Mercado e concorrentes:
Bráulio vê um bom mercado a ser explorado, já que 60% da população vive em metrópoles e acaba sujeita ao estresse e a ansiedade no dia a dia. Além disso, acredita que seu produto atende a um grande desafio das empresas em reter talentos em uma época em que a nova geração de profissionais “busca cada vez mais um ambiente de trabalho agradável, bons líderes e possibilidade de desenvolvimento”. Como concorrentes, ele aponta as plataformas TalkSpace, Therapion, Vittude e Zenklub.

Maiores desafios:
“Conscientizar a sociedade do quão importante é cuidar da saúde mental, principalmente no ambiente corporativo” diz o CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Dezembro deste ano.

Visão de futuro:
“Buscamos ser referência em acesso remoto à terapia online e desenvolvimento de competências para pessoas de língua inglesa, espanhola e portuguesa. No futuro, queremos ser o maior player de saúde mental do mundo e para isso, o acesso ao mercado asiático exigirá um esforço extra pelas diferenças culturais de comportamento e negócios”, afirma o fundador.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também:

“Como deixei de ser a ‘Claudia do RH’ para me transformar em outra pessoa: eu mesma”

- 9 de fevereiro de 2018

E quando oficinas maker ajudam a trazer uma nova visão de mundo a pacientes psiquiátricos?

- 18 de dezembro de 2017
Engenheiro entusiasta do “faça você mesmo”, José Michel, teve um makerspace que não deu certo, mas não desistiu. Agora, leva oficinas a pacientes e busca a estabilidade financeira do novo projeto.

Verbete Draft: o que é Imagineer

- 20 de setembro de 2017
2752 3 0
Acredite: existe uma profissão que une as características de um engenheiro com a de um facilitador de processos criativos. O conceito se popularizou na Disney, mas serve a qualquer empresa em busca de inovação (imagem: reprodução 99 editions).

Verbete Draft: o que é Economia Comportamental

- 23 de novembro de 2016
4554 5 0
Uma área-chave da Economia Comportamental estuda o que faz pessoas tomarem decisões impulsivas (como comprar roupas ou produtos que não usarão). Quantas vezes isso aconteceu com você? (foto: reprodução internet).