SPONSORS:

A SmashPoints é uma plataforma para a compra de créditos em apps de mobilidade

- 17 de outubro de 2019

Nome:
SmashPoints.

O que faz:
É uma plataforma para a compra de créditos em aplicativos de mobilidade urbana que oferece pontos para os usuários resgatarem por mais corridas.

Que problema resolve:
O consumidor ganha pontos toda vez que compra créditos para usar serviços oferecidos por empresas como Uber, Movida, Yellow, Grin, Bike Sampa, dentre outras. A cada R$ 1 gasto, o usuário pode ganhar de um a seis pontos, o que confere desconto em uma próxima corrida. Para as empresas de mobilidade, o app é uma forma de estimular o uso de seus serviços.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, o diferencial é a rapidez em resgatar os pontos. “Nos grandes programas de fidelidade, muitos usuários acabam perdendo pontos ou resgatando por produtos que não necessitam porque faltam opções baratas e fáceis de resgatar.”

Modelo de negócio:
O modelo é similar ao de cashback. Não existe nenhuma taxa extra cobrada.

Fundação:
Junho de 2018.

Sócios:
Jaime Del Pozo — CEO
Fábio Doneux — Cofundador

Fundadores:

Jaime del Pozo — 34 anos, Madrid (Espanha) — é formado em Engenharia Civil pela Universidade Politecnica de Madrid, com MBA pela Columbia Business School. Atuou como Head de Planejamento estratégico e Head de Controle de Gestão na Latam Airlines.

Fabio Doneux — 31 anos, São Paulo (SP) — é formado em Publicidade e Propaganda pelo Mackenzie. Atuou durante oito anos no mercado de eventos esportivos como gerente de grandes projetos, entre eles a Copa do Mundo 2014 e as Olimpíadas Rio2016. Foi um dos cofundadores da startup Fits Fidelidade.

Como surgiu:
Com a chegada de startups com foco em mobilidade, Jaime conta que enxergou a oportunidade de desenvolver um programa de pontos para usuários desse segmento. “Em abril de 2018, dei o salto definitivo deixando a empresa área para colocar o projeto em pé.”

Estágio atual:
A startup está sediada no We Work Labs e conta com 11 parceiros de mobilidade urbana.

Aceleração:
Foi acelerada pelo Startup School, programa online da Y Combinator.

Investimento recebido:
Contou com investimento-anjo e de Friends and Family de aproximadamente US$ 200 mil.

Necessidade de investimento:
A startup busca um investimento seed para apoiar a expansão e capilaridade do programa.

Mercado e concorrentes:
“Somos o primeiro marketplace de recompensa focado em mobilidade e com as melhores ofertas nos principais aplicativos como Uber, Movida e Bike Sampa”, afirma o CEO.

Maiores desafios:
De acordo com os sócios, o maior desafio é a integração da tecnológica com plataformas antigas.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
2020.

Visão de futuro:
“Queremos ser o one-stop shop para a venda de produtos de mobilidade, não somente no Brasil, mas também no resto do mundo. Algo similar ao que a Booking.com ou a decolar.com fizeram para o setor hoteleiro e aéreo, porém focado na mobilidade urbana.

Onde encontrar:
Site
Contato

1119 Total Views 3 Views Today
Veja também:

“Fui desafiado a não depender do carro. Hoje economizo tempo e dinheiro me deslocando em apenas uma roda”

- 8 de novembro de 2019
Kadu com seu Kingsong, que chega a 50 km/h.

Verbete Draft: o que é Micromobilidade

- 6 de novembro de 2019

App de caronas corporativas, o Bynd reduz o número de carros nas ruas (e aproxima colegas de trabalho)

- 22 de outubro de 2019