SPONSORS:

A Zauty conecta profissionais do setor de beleza a usuários para serem atendidos onde quiserem

- 21 de setembro de 2018

Nome:
Zauty.

O que faz:
É um app que conecta profissionais do setor de beleza a usuários para serem atendidos onde quiserem.

Que problema resolve:
Para os usuários, facilita o agendamento, já que eles conseguem marcar um horário até no mesmo dia. Para os profissionais, é uma forma de trabalhar de forma autônoma, segura e com maior flexibilidade nos horários

O que a torna especial:
Segundo o fundador, o diferencial do produto está na forma de aproximação com o cliente, pois apesar do usuário solicitar o serviço através do app, ele consegue ter um contato com o profissional através de um chat 24 horas, no pode combinar detalhes, além de solicitar o mesmo profissional sempre que desejar.

Modelo de negócio:
A Zauty fica com 30% do valor cobrado pelos serviços prestados.

Fundação:
Agosto de 2018.

Sócios:
Márcio Pascal — CEO

Perfil dos fundadores:

Márcio Pascal — 33 anos, São Paulo (SP) — é formado em Publicidade pela Anhembi Morumbi. É fundador da Magote, e-commerce especializado em ofertas de serviços e tratamentos de beleza.

Como surgiu:
Márcio conta que trabalha no segmento de beleza há sete anos. Após ganhar experiência no ramo, diz que enxergou, através da tecnologia, a possibilidade de ajudar profissionais da área a trabalharem com mais autonomia e decidiu investir no app.

Estágio atual:
O app já conta com 2 100 profissionais cadastrados em sua base, provenientes das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Entre os serviços que podem ser solicitados estão: manicure, pedicure, design de sobrancelha, massagem, depilação masculina e feminina, maquiagem, cabeleireiro e barbearia.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
O empreendedor investiu 550 mil reais de recursos próprios no negócio.

Necessidade de investimento:
O fundador quer captar 12 milhões de reais para investir na expansão e em tecnologia.

Mercado e concorrentes:
“É um mercado que está em crescimento acelerado. Hoje, encontramos muitos produtos, novos serviços e lançamentos dedicados ao setor. Por conta disso, pensamos em trazer um app que beneficiasse o profissional da área, muitas vezes, pouco valorizado no mercado”, fiz Márcio. Ele cita como concorrentes o Singu e o TokBeauty.

Maiores desafios:
“Nosso maior desafio é, através da tecnologia, encurtar cada vez mais a distância entre profissionais da beleza e clientes. Além de oferecer ao usuário um atendimento de qualidade e em tempo recorde”, fala o CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Segundo semestre de 2018

Visão de futuro:
“Liderar o segmento de saúde e bem estar online, incorporando impacto social e com isso gerar muitas oportunidades de emprego”, afirma Márcio.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Como a FindUP encurtou o caminho entre técnicos de informática e redes varejistas na América Latina

- 28 de agosto de 2018
5035 3 0

A MindMiners põe, literalmente, na palma da mão um serviço historicamente custoso: pesquisas de opinião

- 14 de junho de 2018
7877 3 0
Sem experiência na área de pesquisa de opinião, Renato Chu e os sócios conseguiram tornar mais ágil e barata a a coleta e análise de informações sobre consumidores.