SPONSORS:

Jogadoras de futebol e empreendedoras: as semelhanças que unem essas guerreiras

- 13 de junho de 2019
O reconhecimento de nossas garotas é, em parte, consequência de um processo mais amplo, que envolve o fortalecimento dos movimentos feministas, a valorização da mulher, a discussão de seus direitos e da equidade de gênero.

Crédito imagem: Wikipedia

 

Neste mês começou a Copa Feminina de Futebol, e estamos presenciando um momento especial no país, com a valorização de nossa seleção. Finalmente o Brasil começa a voltar seus olhares para essas garotas valentes, que há anos suam a camisa para defender nossa bandeira. Aliás, o reconhecimento de nossas garotas é, em parte, consequência de um processo mais amplo, que envolve o fortalecimento dos movimentos feministas, a valorização da mulher, a discussão de seus direitos e da equidade de gênero.

Quando observamos as dificuldades enfrentadas por nossas jogadoras, a garra com que superam as adversidades como a luta contra o preconceito, a persistência para se firmarem em um ambiente predominantemente masculino, a e estrutura para treinamento inadequada e a falta de reconhecimento financeiro, é possível perceber as semelhanças entre o futebol e o empreendedorismo feminino. Você já parou para pensar sobre isso? Veja:

Dedicação às estratégias e planejamentos

Antes de entrar em campo, a jogadora de futebol se prepara intensamente. Estuda as jogadas do outro time, ensaia dribles, analisa estratégias junto com a equipe. E o mesmo acontece com quem é dona de um negócio. Observar o mercado, validar resultados, definir o modelo de negócios, objetivos e metas, traçar estratégias para alcançá-los, e rever constantemente as escolhas faz parte do dia a dia de toda e qualquer empreendedora.

Desenvolver o espírito de liderança

Cabe à técnica a função de coordenar cada jogadora, enxergar talentos e tirar o melhor potencial de cada uma. O mesmo acontece com empreendedora, que deve pensar no esquema tático, e precisa saber gerir e manter um olhar atento à equipe, percebendo as capacidades e aproveitando os talentos de cada colaborador. Técnica e empreendedora pensar no esquema tático para manter seus times sempre motivados e engajados.

Trabalho em equipe

O futebol é um esporte coletivo, e um bom placar depende da boa performance de cada jogador em campo. Na empresa não é diferente. O bom desempenho de cada colaborador afeta os resultados de todo o negócio, e os erros devem ser evitados ao máximo. Por isso, assim como no time, cada funcionário deve vestir a camisa da empresa e fazer o seu melhor. Assim como no futebol, na gestão de um negócio um erro pode render um cartão vermelho, ou seja, a falência. E como em todo trabalho em equipe, treino, entrosamento e prática são fundamentais.

Cria, ousar e inovar

Futebol tem jogada ensaiada, mas também tem muita ginga, dribles surpreendentes, criatividade e a inovação para vencer o time adversário. No empreendedorismo a tática é a mesma. Antever problemas, traçar estratégias, estudar a concorrência fazem parte do jogo do empreendedorismo, mas seguir a intuição, rever táticas, ousar e criar são passos essenciais na gestão de um negócio.

Reconhecimento recente

O futebol feminino não é uma novidade. Aqui no Brasil, a primeira partida foi realizada em 1921, em São Paulo, mas em 1964, o Conselho Nacional de Desportos – CND – proibiu a prática da modalidade no país. Somente em 1981 essa decisão foi revogada e finalmente, em 1996, o futebol feminino foi incluído como categoria nas Olimpíadas. Foi necessário muito tempo, também, até conquistarmos o reconhecimento e a valorização do empreendedorismo feminino. Basta lembrar que foi somente em 1962 que as brasileiras conquistaram o direito ao CPF e, consequentemente, à abertura de conta bancária. E com esse marco começamos um processo em busca de maior autonomia financeira, e muitas mulheres passaram a trabalhar fora ou a empreender.

Jogadoras de futebol e empreendedoras já percorreram um longo caminho. Venceram preconceitos, driblaram adversidades, caíram, levantaram, perderam e ganharam, aprenderam e recomeçaram. E estão se preparando, dia a dia, para marcarem muitos e muitos gols. Mulheres fortes e resilientes, estamos com vocês! 😉

Esta matéria pode ser encontrada no Itaú Mulher Empreendedora, uma plataforma feita para mulheres que acreditam nos seus sonhos. Não deixe de conferir (e se inspirar)!

 

 

 

 

1968 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Como ser escritor sendo, também, neto de um dos maiores autores da literatura nacional? Ricardo Ramos Filho é o Retrato da semana!

- 18 de outubro de 2019