SPONSORS:

Idea8, um aplicativo que insere efeitos em vídeos durante a filmagem

- 30 de Março de 2016

Nome:
Idea8.

O que faz:
É um aplicativo de filmagem especial para iPhone e iPad. Ele insere, durante a filmagem, legendas e imagens no vídeo.

Que problema resolve:
A startup criou uma ferramenta para gravar vídeos com texto, imagens e animações sobrepostos à filmagem enquanto o vídeo é gravado.

O que o torna especial:
Permite ao usuário gravarem suas ideias sem precisar editar os vídeos depois. O aplicativo foi selecionado entre as 100 melhores startups em fase inicial na Campus Party deste ano.

Modelo de negócio:
A empresa adotou o modelo Freemium. O aplicativo é disponibilizado gratuitamente. Se o usuário quiser remover a marca d’água nos vídeos e acrescentar algumas funções especiais, deve pagar pela Apple Store.

Fundação:
O conceito inicial começou a ser trabalhado desde o final de outubro de 2015.

Sócios:
Luciano Pinheiro – CEO
Elizângela Ambé – COO

Perfil dos fundadores:

Luciano Pinheiro – 35 anos, São Luís (MA) – formado em Psicologia e especialista em Artes Visuais, Cultura e Criação. É programador profissional e modelador 3D e de efeitos visuais desde os 14 anos de idade. Em 2015, criou um aplicativo de realidade aumentada na área da Saúde, o AcuMapa, que em 6 meses atingiu a marca de 25 mil instalações.

Elizângela Ambé – 39 anos, Santa Inês (MA) – formada em Pedagogia e Geografia, e também é especialista em Gestão Educacional.

Como surgiu:
Luciano estava tentando criar outro aplicativo, quando encontrou um problema ao tentar enviar uma apresentação. Ele queria mostrar a si próprio em um vídeo, explicando o funcionamento do app. Depois de consultar várias outras pessoas do ramo, ele viu que teria de contratar uma empresa especializada, ou utilizar softwares específicos para chegar ao seu objetivo. Foi assim que ele começou a fazer o protótipo do Idea8.

Estágio atual:
A empresa ainda não tem escritório, pois o aplicativo ainda está pré-operacional, mas já há 52 usuários cadastrados na versão beta.

Aceleração:
Estão buscando aceleração, com o aplicativo inscrito no edital InovAtiva.

Investimento recebido:
Nenhum, somente capital próprio.

Necessidade de investimento:
Os sócios planejam buscar quando chegarem a etapa de marketing de escalonamento, para melhorar a penetração de mercado, assim como para fazer a versão para Android e Windows.

Mercado e concorrentes:
“Há muitas oportunidades, pois a maioria dos concorrentes são feitos para computadores desktop, e os que são mobile não fazem gravações com edição em tempo real”, diz Luciano. Entre esses concorrentes estão o Adobe Premiere, Adobe After Effects, PowToon, Stayfilm e Prezi.

Maiores desafios:
Melhorar a performance do aplicativo em celulares e tablets antigos.

Faturamento:
Nenhum, pois o aplicativo ainda não foi lançado oficialmente, embora já esteja com o beta disponível pra testar.

Previsão de break-even:
Até 8 meses após o lançamento.

Visão de futuro:
“Ser o aplicativo de referência pela facilidade e rapidez para geração de conteúdo de vídeo para plataformas online de educação e entretenimento”, segundo Luciano.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Verbete Draft: o que são Deepfakes

- 25 de Abril de 2018
A Deepfake usa alta tecnologia para adulterar vídeos com perfeição. O uso pode ser incriminatório ou difamatório, mas também serve para humor, como as montagens inserindo o rosto do ator Nicolas Cage em filmes que não fez (Imagem: screenshot do FakeApp).