SPONSORS:

“Incitar a participação do time, dividir ideias e problemas e estimular a busca por soluções”

- 31 de maio de 2016

 

Seja qual for o porte de uma empresa, investir nos funcionários é sempre uma importante estratégia, tanto para o empregador quanto para o empregado. “Não há uma fórmula mágica ou um modelo de gestão específico a ser seguido, pois as empresas são diferentes, possuem as suas particularidades, culturas, visões, missões e valores, mas algumas estratégias podem ajudá-la a se cercar de excelentes funcionários”, explica Daisy Cangussú, da Wapiya Consultoria em Gestão de Pessoas e Diversidade.

6 passos para ser um bom líder

1 – Mostre que a participação de todos é de essencial para o desenvolvimento das tarefas, e consequentemente para a obtenção dos resultados esperados. “Para isso o gestor precisa reunir o time, incitar a participação, compartilhar ideias e problemas e estimular para que todos possam buscar as melhores soluções para resolver as dificuldades do dia a dia”, conta.

2 – Fique atenta às necessidades individuais de seus colaboradores. Dê um voto de confiança, reconheça as potencialidades de cada um e seja capaz de tirar o melhor de cada integrante do seu time. Procure passar para cada membro da sua equipe os valores da empresa e o que é esperado dele.  A melhor forma de definir isso é através dos resultados. Quando temos os mesmos objetivos e eles estão alinhados com o que acreditamos é mais fácil alcançar as metas.

3 – Seja transparente em suas ações e diga de forma objetiva no que se espera do grupo de trabalho.

4 – Reconheça os talentos: todas as pessoas têm qualidades e carregam em si habilidades singulares.

5 – Pratique as regras básicas da liderança: oriente pessoas, delegue tarefas, acompanhe e cobre resultados.

6 – Seja imparcial em suas ações, ou seja, não tome partido e evite envolver-se afetivamente ao resolver conflitos.  Em resumo, tenha cautela para não comprometer o ambiente de trabalho e consequentemente o clima da empresa.

As dicas para manter um bom time

– Motive sua equipe
Procure compartilhar as expectativas da empresa e dos seus colaboradores. Esta é uma boa forma de retenção. Em contrapartida, a falta de desafios e baixa perspectiva de ascensão profissional pode favorecer o desligamento de funcionários.

– Defina a cultura da empresa
É muito importante que a missão, visão e valores da empresa estejam bem definidos e que seja repassado de forma clara para os colaboradores. O funcionário precisa se identificar com a cultura, acreditar nos produtos e serviços oferecidos, para que ele queira permanecer e contribuir com o desenvolvimento da empresa.

– Garanta um bom ambiente de trabalho
“Um ambiente desfavorável interfere diretamente na produtividade de uma pessoa. Portanto, um dos fatores mais relevantes para reter o funcionário é ter um clima saudável e amistoso, onde as pessoas criem laços, consigam conviver e respeitar as diferenças”, conta Daisy.

– Dê feedback
A remuneração é apenas mais uma forma de reconhecimento pelo trabalho desempenhado, mas nem sempre está no topo da lista. Quando o colaborar tem o seu empenho, habilidades e competências reconhecidas, ele desenvolve o seu trabalho com mais qualidade, se compromete e se esforça ainda mais para garantir bons resultados. Lembre-se: elogie em público, mas repreenda reservadamente, e tenha critérios na escolha e uso das palavras. Um feedback negativo e mal colocado pode trazer consequências drásticas para o clima e para o desempenho de um colaborador. Ao dar um feedback sobre a produtividade, indique os aspectos que precisam ser desenvolvidos ou melhorados, mas com gentileza e respeito.

– Crie oportunidades de aprendizado
Pessoas com potencial buscam oportunidades de aprender algo novo, seja a respeito da função que exerce ou referente a outro setor da empresa. Quem realiza as mesmas tarefas por muito tempo pode se sentir desestimulado, ainda mais se for um funcionário mais jovem que deseja ser desafiado e almeja crescimento profissional. Em contrapartida, atividades novas podem estimular a criatividade e a inovação, além de favorecer o envolvimento e o comprometimento com a empresa.

– Ofereça plano de desenvolvimento e de carreira
A oportunidade de receber promoção, além de oferecer um aumento na remuneração, representa o reconhecimento do trabalho e a confiança da gestão.  O plano de carreira também é importante, pois proporcionará ao funcionário uma perspectiva de crescimento dentro da empresa.  “Neste sentido, criar métricas para mensurar o desempenho pode ser um facilitador”, aconselha Daisy.

– Incentive o treinamento constante
Promover a qualificação do colaborador é acreditar no seu potencial. Estimular a educação contínua faz com que o colaborador se comprometa ainda mais com o exercício de sua função e com a marca que representa.

– Descentralize, delegue
Confie nos seu time para receber um maior engajamento deles na empresa. Consequentemente você terá mais tempo para pensar e planejar estrategicamente sobre o seu negócio. Com autonomia e a independência, as pessoas de sua equipe poderão mostrar seu potencial e destacar habilidades mais criativas. Todos trabalhando juntos, dialogando sobre diferentes perspectivas, sua empresa terá grandes perspectivas de crescimento.

Esta matéria pode ser encontrada no Itaú Mulher Empreendedora, uma plataforma feita para mulheres que acreditam nos seus sonhos. Não deixe de conferir (e se inspirar)!

draft-banner-2

3837 Total Views 1 Views Today
Veja também:

“O maior diferencial do Content Marketing é poder compartilhar aprendizados com clientes e a sociedade”

- 27 de agosto de 2019