Mobous, um app que recompensa os usuários que visualizam publicidade

- 29 de julho de 2016
mobous

Nome:
Mobous.

O que faz:
A startup exibe campanhas publicitárias para perfis específicos de pessoas, que aparecem no celular após o desbloqueio da tela. Os usuários que baixam o app são recompensados para visualizar o conteúdo das marcas.

Que problema resolve:
A ideia é fazer as marcas chegarem ao seu público-alvo de forma mais eficiente. “Hoje, a maioria dos usuários de smartphones rejeitam campanhas publicitárias, motivados pelas péssimas experiências com modelos invasivos, além do pouco direcionamento de conteúdos”, diz o CEO, Rodrigo Vitachi.

O que a torna especial:
A Mobous disponibiliza filtros avançados para que o anunciante impacte apenas pessoas interessadas no seu conteúdo. Os horários de exibições podem ser programados, e as campanhas não sofrem bloqueios dos AdBlocks. Além disso, para cada visualização, o usuário do aplicativo recebe 3 centavos. Quando são acumulados 15 reais, ele pode fazer um saque via Bcash. Esse programa de recompensa também inclui promoções e cortesias.

Modelo de negócio:
Hoje, a cobrança acontece por visualização (CPV). Para ser considerado visualizado, o conteúdo deve ficar ao menos cinco segundos em evidência na tela.

Fundação:
Maio de 2015.

Sócios:
Rodrigo Vitachi – Cofundador e CEO
Leandro Muniz – Cofundador e COO

Perfil dos fundadores:

Leandro Muniz – 32 anos, São Paulo (SP) – formado em Ciência da Computação. Atuou por anos em grandes empresas com a Rede, gerenciando projetos de TI e de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias. Foi responsável por liderar projetos relacionados à inovação tecnológica. Também trabalhou na Resource IT Solutions e RSI Informática.

Rodrigo Vitachi – 33 anos, São Paulo (SP) – formado em Ciências da Computação pela Faculdade de Engenharia de Sorocaba. Tem mais de 15 anos de experiência em desenvolvimento de sistemas para múltiplas plataformas. Atuou com ênfase em diversos projetos de novos apps, games, AI, payment systems, data security e webservices em empresas como AZO Tecnologia e Systware Technnologies.

Como ela surgiu:
O insight por trás da Mobous aconteceu quando Rodrigo percebeu que a imagem que aparece no smartphone logo após o desbloqueio da tela poderia representar um conteúdo relevante para outras pessoas. Em busca de um sócio, ele conheceu Leandro em um portal que conecta empreendedores com investidores e parceiros, e juntos desenvolveram o projeto.

Estágio atual:
A Mobous não possui escritório físico e está para atingir a marca de 10 mil usuários do aplicativo. Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para Android.

Aceleração:
Os sócios estão estudando possibilidades.

Investimento recebido:
Não houve investimento externo.

Necessidade de investimento:
Ainda não há nada fechado.

Mercado e concorrentes:
“O Brasil é o quarto maior consumidor de smartphones do mundo. Para direcionar esse potencial para o Mobile Marketing, precisamos usar soluções novas, para fazer parte do dia a dia do seu público”, diz Leandro. Ele considera como concorrentes o Ganhenatela e Slidejoy e, indiretamento, o GoogleAds e FacebookAds.

Maiores desafios:
Nesse estágio, a startup está focada em conquistar novos parceiros anunciantes e aumentar sua base de usuários.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Não informada.

Visão de futuro:
“Queremos evoluir o Mobile Marketing e transformar a forma com que marcas se relacionam com o seu público através dos dispositivos móveis”, diz Rodrigo.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para mentoria@projetodraft.com e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

Veja também: