SPONSORS:

Como Muna, refugiada síria, redesenha sua vida no Brasil divulgando seu trabalho no Facebook

- 1 de outubro de 2019
No Brasil, Muna Darweesh conta com grupos do Facebook para fazer suas vendas e redesenhar sua vida no Brasil.

Como o Facebook pode ajudar negócios que precisam começar do zero? A história de Muna e sua família mostra que a rede é uma ferramenta poderosa para transformar a própria vida, inclusive na hora de começar um novo negócio de maneira emergencial. Conheça a história da professora de inglês síria que se tornou empreendedora quando chegou aqui:

 

“Em 2013, saí da Síria e cheguei ao Brasil com meu marido e meus quatro filhos pequenos. Por causa da guerra civil que acontece em nosso país natal desde 2011, chegamos aqui na condição de refugiados. Fomos as últimas pessoas da nossa família a fazer isso. Escolhemos o Brasil porque o país abriu as portas para que nós pudéssemos viver aqui legalmente, ao contrário do que estava acontecendo em lugares como a Europa.

Na Síria, eu trabalhava como professora de inglês e meu marido era engenheiro naval. Porém, chegando em São Paulo, não conseguimos revalidar nossos diplomas para exercer nossas profissões. Por isso, em 2014, decidi que era preciso encontrar outra maneira de sustentar nossa família. Foi quando comecei a vender doces árabes tradicionais em frente à mesquita que eu já frequentava. Poucos meses depois de iniciar esse trabalho, fui aconselhada por uma organização de apoio a refugiados a expandir as opções do meu cardápio e também vender salgados, como quibes, esfirras, falafel e charutos de folha de uva.

Minha cozinha virou meu local de trabalho: tocando um negócio próprio, consegui recomeçar minha vida.

No mesmo ano, graças à ajuda e às orientações dessa mesma organização, criei a minha própria Página no Facebook para tornar meu trabalho mais conhecido para outras pessoas e, assim, atrair mais clientes. Consegui fazer minhas primeiras vendas online divulgando meu trabalho em Grupos de pequenos empreendedores e passei a usar a plataforma para tirar dúvidas de quem procurava meu serviço. Aos poucos, chamei atenção de sites de notícia e até de canais de televisão que se interessaram pela minha história. Criei uma boa reputação e, assim, ganhei a confiança de mais clientes, o que teria sido muito mais difícil e demorado sem a internet.

Hoje, consegui expandir meu negócio para a área de eventos, fazendo almoços e jantares completos para grupos maiores. Consigo pagar todas as minhas contas e sustentar minha família preparando receitas árabes. E já estou até adaptando algumas delas para agradar ainda mais o paladar dos brasileiros!

Não é uma trajetória fácil. Deixei mais de 30 anos da minha vida para trás. Mas aqui, ganhei a oportunidade de recomeçar todos os dias.”

Muna Darweesh tem 38 anos e é uma refugiada síria que vive no Brasil. Você pode conhecer mais sobre o trabalho dela acessando a Página Muna – Sabores & Memórias Árabes.

 

O post original desta publicação está aqui. O Facebook Para Empresas quer orientar e empoderar micro, pequenos e médios empreendedores no Brasil. Você pode conhecer mais acessando facebook.com/business, a Página Facebook Para Empresas ou o brand channel do Facebook no site do Draft.

1999 Total Views 4 Views Today
Veja também: