SPONSORS:

Novo carro conceito indica os caminhos futuros da Fiat na América Latina

- 22 de novembro de 2018
Híbrido entre sedan, coupé e UV (Utility Vehicles), Fiat foi criado para ser "humano", "ousado", "contemporâneo" e "fluido".

Um dos destaques da Fiat no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo encerrado no dia 18 foi o Fiat Fastback, novo carro conceito que antecipa a visão da marca para o futuro. É a essência do design italiano feito no Brasil, que já é reconhecido internacionalmente.O Fiat Fastback vem para encantar os olhares e aguçar a curiosidade. Este, que é o oitavo carro conceito da Fiat feito no Brasil (no Design Center Latam, localizado no Polo Automotivo Fiat, em Betim, MG), é o primeiro projetado sob os quatro novos princípios do Design da marca na América Latina: human (humano), bold (ousado), contextual (flexível e contemporâneo) e seamless (coerente, fluido). Estes são os caminhos que indicam o futuro da Fiat na região, incluindo os do segmento de UVs (Utility Vehicles).

“Um carro conceito é um playground para experimentar novas ideias, formas e materiais”, explica o diretor do Design Center Latam, Peter Fassbender.

“Precisa emocionar, gerar curiosidade e interesse, aquela vontade de chegar perto. E conseguimos. É fantástico onde estamos hoje. E ainda mais fantástico para onde estamos indo”, completa.

O nascimento do Fiat Fastback começou no papel, com desenhos feitos à mão. Já com as primeiras linhas definidas, o próximo passo foi o 3D no computador. Do virtual para o real, o modelo ganhou forma no clay (argila industrial), na dimensão 1:4 (tamanho reduzido, que cabe em cima de uma mesa), para ser aperfeiçoado antes de ser novamente digitalizado, sempre retrabalhando a matemática na busca das proporções e superfície perfeitas. Novamente no clay, na dimensão real 1:1, o modelo recebeu detalhes do acabamento, como faróis, vidros e grades. É um trabalho artesanal e os modeladores e designers usaram ferramentas semelhantes às de um escultor, como espátulas e desbastadores, para esculpir formas inovadoras.

O Fiat Fastback começou no papel, dali para o computador e para o medelo em argila industrial.

No papel e no clay, a todo momento, foram usadas fitas adesivas para demarcar linhas de caráter e proporções da carroceria. “Mais do que a força das formas, é um concept car que traz sentido para a vida das pessoas, inspirado nos mais diversos públicos com estilos de vida diferentes”, afirma o líder de Design Exterior da FCA para a América Latina, Daniel Gerzson.

Com as matemáticas definidas e checadas, tudo pronto para iniciar a construção, de fato, do modelo final do Fiat Fastback. Com estrutura interna em metal e isopor, a carroceria foi usinada em resina, primeiro por uma máquina fresadora, e depois recebeu acabamentos manuais. No total, o modelo possui cerca de 60 peças, entre o corpo principal, faróis, grade, lanternas, rodas e tudo mais. Cada roda, por exemplo, é formada por 5 itens separados. Todas as peças foram construídas paralelamente à carroceria.

O líder de Design Interior da FCA para a América Latina, Rafael Peixoto, curte a liberdade criativa que os carros conceito permitem. “Temos a oportunidade de experimentar e expressar ideias com uma liberdade maior. No interno do Fiat Fastback, extrapolamos os atributos de design, de maneira a criar uma atmosfera leve, com volumes esculturados, envolventes e recheados com detalhes que remetem a produtos de nossa casa, de nosso uso cotidiano”, conta.

O aguardado momento da revelação do carro conceito no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

“Não basta o produto ser bonito. Temos que pensar na interação com as pessoas. Com o Fiat Fastback, tivemos licença poética para colocar ali a essência do que entendemos ser a joia da Fiat no Salão do Automóvel”, ressalta Paula Fujii, designer de Cores & Materiais da FCA. O realce do brilho veio com uma cor inédita. A tonalidade Moonstone foi cuidadosamente desenvolvida para criar um reflexo intenso e contraste marcante, como uma pedra preciosa.

Antes de iniciar a pintura, a superfície da carroceria precisou ser trabalhada. “Foi lixada e recebeu um material de acabamento, que é um primer cinza claro”, explica Celso Morassi, supervisor de Modelação da FCA. “Depois, foram aplicadas mais três camadas: uma primeira pintura com tinta preta, em seguida, a cor propriamente dita e, por fim, um verniz de alto brilho”, completa.

Diversas peças, como os logotipos e as molduras do farol, foram preparadas em impressoras 3D. Na fase de montagem do concept car, a equipe do Design Center Latam trabalhou integrada e com muito empenho para acompanhar cada detalhe de todas as peças. As rodas de liga leve e o logo FIAT foram os últimos detalhes. “O logo FIAT aparece na grade frontal e na traseira, fazendo uma referência à essência do lettering original da marca. Já a assinatura Fastback foi inspirada em gestos velozes”, explica Daniel Gerzson, que também detalha os motivos da escolha do nome: “Buscamos a simplicidade, em uma homenagem ao puro design italiano”.

Ao longo do processo produtivo, a Fiat divulgou teasers mostrando os bastidores da criação do modelo. Confira o primeiro episódio abaixo e os demais no canal oficial da Fiat no Youtube:

 

Esta matéria pode ser encontrada no FCA Latam Stories, um portal para quem se interessa por tecnologia, mobilidade, sustentabilidade, lifestyle e o universo da indústria automotiva.

banner fca

Veja também:

Conheça o projeto Container, que quer colocar a Fiat na vanguarda da discussão de Mobilidade Urbana no Brasil

- 29 de dezembro de 2014
9812 0 0
Mateus Silveira brinda com Paulo Nakamura, o designer que o levou para a Fiat há 12 anos sem saber o tanto de inovação que estava plantando dentro da companhia