SPONSORS:

O Confere Cartões faz a gestão das vendas realizadas por meio de cartões para comerciantes

- 13 de dezembro de 2017

Nome:
Confere Cartões.

O que faz:
É uma plataforma para ajudar comerciantes a controlarem as vendas realizadas com cartões de crédito.

Que problema resolve:
Segundo os fundadores, é uma solução mais ágil do que ter que fazer as checagens manualmente ou em planilhas.

O que a torna especial:
A plataforma se integra diretamente com as maquininhas de pagamento e recebe todos os arquivos diariamente, sem a necessidade do comerciante entrar em vários portais para fazer a gestão e conciliação das vendas com cartões de crédito. Além disso, realiza fluxo de caixa real, calcula taxas e prazos e checa as informações do extrato com a do banco.

Modelo de negócio:
O Confere Cartões cobra uma mensalidade pela assinatura do SaaS, que varia de acordo com o número de transações conciliadas e CNPJs integrados dentro da mesma conta. Mas o valor mínimo é de 97 reais/mês.

Fundação:
Junho de 2016.

Sócios:
Guilherme Pessoa — CEO
Ricardo Cici — CMO
Vagner Borges — CPO
Francisco Zanfranceschi — CTO

Perfil dos fundadores:

Guilherme Pessoa — 34 anos, Recife (PE) — é formado em Ciências da Computação pela UNESP, com MBA em Marketing Estratégico pela ESPM. É sócio fundador da empresa Novum IT Solutions.

Ricardo Cici — 27 anos, São Paulo (SP) — é formado em Publicidade e Propaganda pela ESPM e tem pós-graduação em Business pelo Insper, com extensão em Inovação e Startups pela Universidade de Jerusalém. Trabalhou na MarketUP e na CargoX.

Vagner Borges — 35 anos, São Paulo (SP) — é formado em Ciência da Computação pela Uninove. É sócio fundador da empresa Novum IT Solutions.

Francisco Zanfrancesch — 37 anos, São Paulo (SP) — é formado em Engenharia de Software pelo IBTA. Trabalhou como líder técnico e arquiteto do sistema de precificação para o Walmart.

Como surgiu:
Na outra empresa em que são sócios, Guilherme e Vagner começaram a receber uma grande demanda por conciliação de cartão de crédito. Decidiram estudar o mercado e viram que o processo era feito de forma manual. A partir daí, começaram a buscar soluções para automatizar e agilizar essa operação.

Estágio atual:
O Confere Cartões tem cerca de 100 clientes.

Aceleração:
A startup está sendo acelerada pela Oxigênio.

Investimento recebido:
Os empreendedores investiram 100 mil reais de recursos próprios e receberam mais 160 mil reais da aceleradora.

Necessidade de investimento:
Os sócios querem captar 600 mil reais no ano que vem para escalar a distribuição, ampliar a equipe e desenvolver produtos.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de varejo no Brasil possui mais de dois milhões de estabelecimentos que transacionam com cartões. Além disso, hoje os cartões de crédito, débito e ticket são responsáveis por quase 80% das transações realizadas”, diz Ricardo. Ele aponta como concorrente indireto a planilha de Excel usada como método de controle pelos comerciantes.

Maiores desafios:
“Educar o público para a existência de um produto como este e acompanhar o produto com a evolução do mercado de pagamentos”, conta o sócio.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Abril de 2018.

Visão de futuro:
“Queremos ser a opção número um para controle de vendas de pequenas e médias empresas a um preço acessível, com um produto simples e que auxilie o comerciante, proporcionando mais tempo para ele se dedicar a outras atividades do seu negócio”, afirma Ricardo.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Mas, se você tem uma ideia e ainda não sabe como estruturá-la em uma estratégia de negócios, escreva para [email protected] e conheça nosso novo serviço de Mentoria.

14938 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Como a Shelfpix usa inteligência artificial para organizar um ponto crucial ao varejo: as prateleiras

- 20 de novembro de 2018