SPONSORS:

O Ploomes é um software de CRM para atender gestores e vendedores simultaneamente

- 15 de maio de 2019

Nome:
Ploomes.

O que faz:
É um software de CRM para atender as necessidades de gestores e vendedores ao mesmo tempo.

Que problema resolve:
Integra as operações e possibilita a tomada de decisões estratégicas baseada em dados em tempo real, permitindo maior engajamento dos usuários finais de indústrias e distribuidoras.

O que a torna especial:
De acordo com os fundadores, o software une ferramentas para criação automática de orçamentos e pedidos de vendas (CPQ), cadastro de clientes com segmentação avançada, histórico do cliente, integração com ERPs e funil de vendas com fluxo de trabalho, resultando na possibilidade de criação de regras por estágio da etapa de vendas, aprovações, automações de disparo de e-mail, criação de tarefas etc. “Além disso, o Ploomes é o único player capaz de realizar as regras dos impostos brasileiros de forma nativa.”

Modelo de negócio:
A startup funciona no modelo SaaS, com cobrança mensal por usuário a partir de 120 reais e um valor mínimo para garantir a qualidade do serviço de pós-vendas.

Fundação:
Março de 2015.

Sócios:
Matheus Pagani — CEO
Vinicius Sampaio — CTO
Tiago Pagani — Diretor de pós-venda

Fundadores:

Matheus Pagani — 30 anos, Catanduva (SP) é formado em Engenharia de Computação na USP. A Ploomes é sua primeira experiência profissional.

Vinicius Sampaio —  30 anos, São Paulo (SP)   é formado em Ciência da Computação pelo Mackenzie. Trabalhou na Ajinomoto.

Tiago Pagani — 30 anos, Irapuã (SP) é formado em Ciência da Computação pela UEL. Trabalhou na IBM.

Como surgiu:
O Ploomes foi idealizado por Vinicius, em 2006, para auxiliar exclusivamente a empresa de seu pai, a Proinox, indústria mecânica especializada em equipamentos e componentes sanitários de processos industriais. Até 2013, ele foi evoluindo o produto sem o objetivo de ser comercializado. Naquele ano, entretanto, se uniu a Matheus e Tiago para começar a trabalhar no desenvolvimento da plataforma, visando atender outros tipos de indústria e distribuidores de forma escalável. Em março de 2015, o produto foi lançado no mercado.

Estágio atual:
A startup tem sede na capital paulista e conta com mais de 500 clientes ativos.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
Receberam uma rodada pré-seed de 1 milhão de reais de Jander Martins, fundador de empresas como MasterSAF e Nexaas. Anteriormente, tinham recebido 300 mil reais de investidores-anjos.

Necessidade de investimento:
Os empreendedores querem buscar um investimento séria A em 2020.

Mercado e concorrentes:
“As especificidades do mercado brasileiro dificultam a entrada dos grandes players internacionais, o que nos permite explorar essa área com maior facilidade, já que temos o know how local”, diz Matheus. Ele cita como concorrentes indiretos a Salesforce e CRMs embutidos nos ERPs.

Maiores desafios:
“Conquistar credibilidade em mercados tradicionais de indústrias e distribuidoras, bem como garantir um processo de vendas mais escalável com clientes que preferem comprar de fornecedores locais”, conta o CEO.

Faturamento:
1,5 milhão de reais (em 2018).

Previsão de break-even:
Outubro e 2019.

Visão de futuro:
“Assim como a SAP fez com os ERPs, buscamos nos tornar a solução óbvia de vendas para indústrias e distribuidoras no mundo todo, começando por Brasil e América Latina”, afirma Matheus.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

1288 Total Views 1 Views Today
Veja também:

Para facilitar a rotina das PMEs, a Omiexperience gerencia, na nuvem, suas informações financeiras

- 16 de abril de 2019

O Convenia nasceu de uma ideia simples e poderosa: funcionários são muito mais do que números

- 12 de junho de 2018
Marcelo, Anderson e Rodrigo contam como criaram um software de gestão que permite ao departamento pessoal controlar desde o pagamentos até o feedback dado aos colaboradores.

Shawee e a arte de ganhar dinheiro ajudando empresas a fazer hackathons e gerir os dados criados

- 1 de março de 2018
Após sentirem, na prática, as dificuldades de organizar hackathons, Rodrigo (à esquerda) e Abraão fundaram a Shawee.