SPONSORS:

O Quero1textoagora cria anúncios para pequenos empreendedores

- 15 de abril de 2019

Nome:
Quero1textoagora.

O que faz:
É uma plataforma que cria frases e textos para pequenos empreendedores que não têm dinheiro para pagar os serviços de uma agência de publicidade.

Que problema resolve:
Pequenos empreendedores precisam de textos profissionais para divulgarem seus negócios, mas não podem pagar o preço cobrado pelas agências tradicionais. A startup cria estes textos por preços mais baixos, atendendo clientes de todo o Brasil, pois os textos são oferecidos pelo sistema de e-commerce.

O que a torna especial:
Segundo o fundador, nenhuma agência fornece uma frase ou um texto para o mesmo dia e, ainda, por e-commerce.

Modelo de negócio:
Os textos criados pela empresa custam a partir de 100 reais (frases de boas-vindas para banners, por exemplo).

Fundação:
Agosto de 2018.

Sócio:
Daniel Funes — Fundador

Perfil do fundador:

Daniel Funes — 48 anos, São Paulo (SP) — é formado em Jornalismo pela Cásper Líbero. Tem passagem por agências como Touche, Wunderman, Tribal, Agência 1, Nova SB, Grey e Leo Burnett.

Como surgiu:
O empreendedor conta que a crise de 2014 arrastou diversos empregados para a informalidade. “Muitos se tornaram empreendedores, com necessidade de divulgarem seus serviços, mas sem nenhuma condição de contratar uma agência.” Ele ainda afirma que há a questão cultural: agência de publicidade é só para empresas grandes que têm dinheiro para mídia. “Isso acabou, mas na cabeça de um autônomo continua sendo um tabu. Oferecendo textos rápidos e breves, descobri que posso atender este nicho dos pequenos empreendedores e criar um novo mercado de comunicação.”

Estágio atual:
A Quero1textoagora conta com 200 usuários cadastrados e funciona em um coworking.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
O fundador recebeu 20 mil reais de um investidor-anjo.

Necessidade de investimento:
Daniel quer capitar 5 mil reais por cinco meses para manter a operação rodando.

Mercado e concorrentes:
“Em todo território nacional sempre vai ter alguém precisando de um texto. Até mesmo pessoas físicas. Assim, a partir do momento em que o Quero1textoagora for conhecida em larga escala, imagino que haverá muitos pedidos diários. O momento atual das agências, que estão desaparecendo ou mudando seu formato, acaba se alinhado à proposta da startup, o que mostra que há espaço para novas formas de oferecer publicidade”, afirma Daniel. Ele cita como concorrentes redatores freelancer.

Maiores desafios:
“A mentalidade bem atrasada do brasileiro, o pavor de inovação e, principalmente, o medo de pagar por um serviço com cartão de crédito e não receber o job. Infelizmente, moramos em um país onde a desconfiança e a cultura são um verdadeiro freio de mão puxado para quem quer inovar.”

Faturamento:
6 mil reais mensais.

Previsão de break-even:
2020.

Visão de futuro:
“Quebrar o paradigma de que agências são caras e atendem apenas um grupo restrito e sofisticado. Pretendo criar um novo nicho em publicidade. Um serviço de fornecimento de conteúdo de qualidade, a preços honestos e que permita a toda e qualquer pessoa ter acesso a um conteúdo de divulgação”, diz.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

“É compreensível que, em vez de mudar, as pessoas comprem coisas que prometam torná-las melhores”

- 24 de maio de 2019

Em três anos, a Plano Feminino virou apenas O Plano, uma consultoria especializada em diversidade, gênero e raça

- 18 de janeiro de 2019

“Só transformando a si mesmo você pode propor a transformação de alguma outra coisa”

- 21 de dezembro de 2018

“Quando decidi empreender, eu só sabia o que não queria mais. Hoje sei que essa já é uma grande decisão”

- 23 de novembro de 2018

“Tive que lidar com minhas dificuldades, abrir mão da vaidade e aprendi que um mais um é mais que dois”

- 2 de novembro de 2018