SPONSORS:

O TutorMundi conecta jovens a universitários para tirar dúvidas acadêmicas via chat ou ao vivo

- 13 de maio de 2019

Nome:
TutorMundi.

O que faz:
É um aplicativo que conecta estudantes do ensino fundamental, médio, pré-vestibular e ENEM que precisam de apoio em qualquer matéria a universitários qualificados das melhores universidades do país via chat, ao vivo e 24/7.

Que problema resolve:
Segundo os sócios, 60% dos alunos não conseguem resolver algum exercício de suas tarefas semanalmente e 40% sofrem esse problema diariamente. “Buscas no Google ajudam, mas o aluno ainda precisa interpretar e entender sozinho. Mesmo que os colegas saibam, a vergonha de ser taxado de ‘burro’ inibe o aluno de pedir ajuda. Por sua vez,  aulas particulares são muito caras”, dizem.

O que a torna especial:
De acordo com os fundadores, 90% das questões postadas pelos estudantes conseguem um tutor em menos de cinco minutos.

Modelo de negócio:
O usuário paga uma mensalidade de 49,90 reais e pode postar quantas dúvidas desejar.

Fundação:
Fevereiro de 2016.

Sócios:
Raphael Rocha Coelho — CEO
Bart Sturm — Software Developer
Thomas Patricio Machado —  Product Designer

Fundadores:

Raphael Rocha Coelho — 37 anos, Curitiba (PR) — é formado em Engenharia de Controle e Automação pela UFSC e cursou o MBA em Wharton-INSEAD Join Alliance Program. Trabalhou na Fraunhofer e na Schlumberger.

Bart Sturm  27 anos, Amsterdã (Holanda)  é formado em Engenharia de Software pela Universidade de Amsterdã. Trabalhou na Swuto, na The Ocean Cleanup e na Peerby.

Thomas Patricio Machado — 25 anos, Capivari de Baixo (SC) — é formado em Engenharia Eletrônica na UFSC. Trabalhou na Healhfies e na Interaction South America.

Como surgiu:
Raphael conta que, quando estava no Ensino Média, ir para uma universidade de ponta parecia um futuro distante. Até fazer amizade com um jovem que sempre o ajudava em matérias que tinha dificuldade, como Química ou Física.  “Entre os muitos momentos que compartilhamos sobre questões acadêmicas, ele dizia coisas como: ‘Podemos fazer isso, vamos mudar nosso status quo’. Depois de cada interação com ele, eu me sentia aliviado e feliz.” Dois anos depois, o CEO diz que conseguiu o primeiro lugar na prova de Matemática do vestibular da UFSC. A TutorMundi começou no Vale do Silício, mas o CEO afirma que os sócios que a América Latina era um oceano azul para tutoria e resolveram explorar o mercado daqui.

Estágio atual:
A startup tem sede na Vila Olímpia, em São Paulo, conta com 20 funcionários, 2 mil tutores e atende a quase 200 perguntas por dia, sendo que 10 mil alunos já usaram o serviço.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
Os sócios investiram 200 mil reais e contaram com 1,6 milhão de reais em aporte estrangeito e e,1 milhão e investimento nacional

Necessidade de investimento:
Os empreendedores estudam levantar uma séria A.

Mercado e concorrentes:
“Na América Latina somos os primeiros e únicos até agora a oferecer tutoria na hora. É algo bem difícil de fazer e requer um capital intenso já que precisa ficar pagando tutoria para alunos com o objetivo de validar e criar o marketplace. Há 30 milhões de possíveis usuários apenas no Brasil. Na America Latina são 80 milhões”, diz Raphael. Ele cita como concorrentes indiretos sistemas do COC, SAS e Objetivo, que possuem um call center com professores trabalhando apenas em horário comercial e que respondem dúvidas dos alunos em até 24 horas, via e-mail, através de um documento PDF.

Maiores desafios:
“Garantir que os alunos consigam postar suas dúvidas sobre qualquer matéria, independente do grau de dificuldade que elas venham a ter. O nosso desafio é aculturá-los a usar a plataforma a qualquer hora do dia durante toda semana e conscientizá-los de que sempre existirá um tutor disponível para atendê-los.”

Faturamento:
Não informado;

Previsão de break-even:
2021.

Visão de futuro:
“O primeiro passo é dominar o mercado brasileiro. Em seguida, vamos para a América Latina. Posteriormente, subimos para as universidades. Esse é o grande sonho. Tornar-se o principal HUB de alunos e profissionais que queiram tirar dúvidas sobre qualquer matéria, assunto ou curiosidade com alguém competente do outro lado na hora.”

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

Veja também:

Como será o futuro em que adultos têm de aprender sempre? A Tera mostra seu caminho

- 6 de fevereiro de 2019